Cobrando melhorias no Mercado do Produtor de Juazeiro-BA, trabalhadores vão realizar nova manifestação

 

Ainda insatisfeitos com as condições de trabalho oferecidas pela Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), os carrinheiros e carregadores do Mercado do Produtor de Juazeiro-BA vão realizar uma nova manifestação. O ato está marcado para acontecer amanhã (18), a partir das 2h da madrugada, em frente ao portão principal do entreposto comercial.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar e Empreendedores Rurais de Juazeiro, às 7h os trabalhadores vão sair às ruas da cidade, em direção ao Paço Municipal. Dentre as insatisfações da categoria, está a cobrança de uma taxa, no valor de R$ 50, para a entrada dos carroceiros no Ceasa, pela AMA.

Os carrinheiros e carregadores também cobram melhorias na infraestrutura do mercado, como iluminação, sinalização e revitalização da entrada do mercado e proximidades. Ainda de acordo com as informações, na semana passada os profissionais se reuniram com representantes da AMA, mas não houve acordo entre as partes.

Esta será a terceira manifestação realizada pelo profissional em menos de um mês. A primeira ocorreu na madrugada do último dia 25, em frente a entrada principal do mercado.

Na ocasião, a AMA declarou  que carrinhos sem placas não entrariam no Ceasa de Juazeiro, e que o objetivo da ação era garantir a segurança e ordenamento do entreposto.

O segundo ato foi realizado na manhã do último dia 08, onde os trabalhadores se reuniram em frente ao entreposto e seguiram até o paço municipal. Em resposta, a AMA declarou que os representantes dos carrinheiros haviam se comprometido em apresentar propostas para que todos sejam contemplados, e que um grupo de trabalho, entre trabalhadores e poder público seria criado para que as demandas existentes fossem sanadas.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.