Inscrições para alunos e monitores da Faculdade Aberta da Terceira Idade estão abertas

(foto: arquivo)

Novos alunos e estudantes monitores já podem realizar inscrição para o programa Faculdade Aberta da Terceira Idade (FATI), projeto que tem como proposta a formação educacional, em diversas áreas, de pessoas da terceira idade como forma de incentivo à participação ativa na sociedade. As inscrições seguem até o dia 23 de agosto e podem ser realizadas no horário de 8h as 12h, na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e das 14h às 17h, na Universidade de Pernambuco (UPE).

Estão sendo ofertadas 250 vagas, distribuídas em nove cursos, entre eles Inclusão Digital, Noções de Direito, Noções de Saúde, Noções de Administração/Empreendedorismo, Noções de Inglês, Alfabetização e Letramento, além do módulo de curso pré-vestibular.

Para participar do programa, os alunos devem ter a partir de 50 anos, nível fundamental completo e disponibilidade de tempo para participação nas aulas. Os interessados no pré-vestibular devem ter segundo grau completo. No ato da inscrição, o candidato deve apresentar carteira de identidade original, comprovante de residência e ficha de inscrição devidamente preenchida.

Para os monitores, serão disponibilizadas vagas na área de Direito, Ciência da Computação, Gestão em TI, Administração, entre outras. Os interessados em se inscrever no programa devem ser alunos regularmente matriculados, que frequentem o curso e tenham disponibilidade de carga horária semanal, estipulada pelo coordenador do Programa de Extensão. No ato da inscrição o discente deve apresentar histórico escolar atualizado, xerox do documento de identidade e CPF, havendo necessidade ocorrerá seleção por entrevista.

O início das aulas está previsto para o dia 2 de setembro, com exceção do pré-vestibular, que inicia 19 de agosto.

Todos os alunos do projeto receberão certificado expedido pela Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão da Facape e UPE. Já os monitores, terão a atividade contabilizada como horas complementares. A vigência do projeto será de agosto a dezembro de 2019.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.