SEMAURB diz que incêndio em APP no bairro Country Club, em Juazeiro, foi ocasionado por ação humana

(foto: arquivo pessoal)

As chamas que atingiram a ilha do bairro Country Clube, na cidade de Juazeiro, norte da Bahia, no último domingo (11), destruíram parte da Área de Preservação Permanente (APP) do Rio São Francisco, no leito seco do braço do Rio, e parte da APP de uma instituição de ensino particular situada na região. Foi o segundo incêndio que atingiu a ilha em menos de 10 dias.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e só conseguiu apagar as chamas por volta das três horas da madrugada da segunda-feira (12). Os moradores suspeitam que o incêndio foi ocasionado por pessoas em situação de rua que vivem naquela região.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) de Juazeiro, a equipe de fiscalização ambiental esteve no local e constatou o incêndio. “Essa problemática vem acontecendo devido à ação do homem no meio ambiente com desmatamento ou inserção de espécies como Algaroba que possui características alelopáticas (substância liberada que impende que outras plantas nasçam no local)”, diz a nota da secretaria.

O órgão informou ainda que os responsáveis pela instituição de ensino foram orientados a retirarem o material seco do local e elaborar um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) para substituir as algarobas por árvores nativas e promover a recuperação ambiental da área.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.