Ator petrolinense representa o Nordeste na programação do “9º Festival Breves Cenas de Teatro”, em Fortaleza

(foto: divulgação)

É de Petrolina o único representante nordestino que se apresentará na segunda etapa da 9ª edição do Breves Cenas de Teatro, festival amazonense que em 2019 ganhou novo formato e está sendo realizado em três capitais brasileiras. Entre os dias 5 e 7 de novembro, o evento será sediado pela capital cearense. O ator petrolinense José Lírio Costa sobe ao palco do Teatro da Caixa Cultural Fortaleza no próximo dia 6 de novembro, às 20 horas, com o seu monólogo “Cavalo”.

O espetáculo  é baseado no livro de Franz Kafka, Carta ao Pai, escrito em 1919, e é fruto de uma residência artística, realizada em janeiro deste ano pelo Sesc Petrolina, dentro do Projeto Experimenta Cena. Com o tema “Performance, Violação e Cura”, a residência foi ministrada pelo diretor Breno Fittipald e pela atriz Fabiana Pirro, ambos de Recife-PE.

No monólogo, o ator José Lírio Costa estabelece um diálogo com a plateia através do texto de Kafka, trazendo à tona questões sobre relações familiares entre pai e filho. Com elementos do teatro e da performance, a cena questiona: existe tempo para o perdão?

“Estar representando Petrolina, Pernambuco e o Nordeste num festival desta proporção, com artistas de vários estados, e até do exterior, é uma forma de divulgar o potencial artístico que temos no Vale do São Francisco, mesmo com todas as dificuldades de se fazer Teatro na região”, afirmou Lírio.

O festival propõe um espaço de pesquisa, experimentação e difusão do pensamento na arte contemporânea, transformando conceitos e possibilitando um diálogo entre criação, processo e público. No total, foram 154 inscrições e, dos 46 selecionados, somente os projetos do ator José Lírio e de um grupo de teatro pernambucano são do nordeste.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.