Matéria nacional sobre o Júri de Lampião será exibida neste domingo 

O programa “Fantástico”, da Rede globo, exibirá amanhã (10) uma matéria especial sobre o Júri de Lampião, realizado no final de outubro, em Petrolina. O Jornalista Ernesto Paglia esteve na região do Vale do São Francisco durante três dias para realizar as gravações, e acompanhou todo o julgamento. Um dos locais escolhidos para a captação de imagens do casal mais famoso do sertão, Lampião e Maria Bonita, foi no Capim, distrito de Petrolina.

A repercussão do júri do Rei do Cangaço superou as expectativas da equipe de organização, que está muito feliz pelo reconhecimento do seu trabalho. Ao escolher o ‘Capitão’ Virgulino para estrear o primeiro júri Épico o evento reacendeu a polêmica que envolve a figura de Lampião, mas também questionamentos sobre até onde e como se podia lutar contra um Estado que oprimia e colocava empecilhos à justiça social ao povo sertanejo daquela época.

“É imensamente satisfatório perceber o quanto o Júri Histórico ganhou visibilidade com a divulgação feita pelos próprios alunos, pela mídia local e regional, e por todos os interessados na temática”, comenta o professor e idealizador do evento, Anderson Wagner Araújo. Ele explica ainda que o tema não trouxe somente uma perspectiva do Processo Penal. “O assunto promoveu o resgate, a análise da cultura e da história do povo nordestino que lutava e luta pela sobrevivência, pela igualdade de oportunidades”, conclui Araújo.

Com intuito de partilhar a vivência, a equipe de organização do Júri Histórico convida a população Vale do São Francisco para prestigiarem a reportagem, que apresentará os momentos marcantes do evento e a opinião dos sertanejos sobre o ‘Rei do Cangaço’. Será também uma ocasião para os participantes rememorar o júri e, aos demais, a oportunidade de assisti-lo.

*O Júri Épico é um projeto anual idealizado pelo professor Anderson Wagner Araújo e pelo promotor criminal de Petrolina, Fernando Della Latta, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE), Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE) e a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC).

Assessoria Júri Histórico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.