40% dos professores de ensino médio não tem formação para ensinar disciplina que ministram

 

Aproximadamente 40% dos professores que atuam no ensino médio das escolas brasileiras não têm formação adequada nas disciplinas que lecionam. Tratam-se de docentes que não possuem licenciatura, fizeram graduação em outra área ou não possuem formação universitária.

As informações são do portal G1. De acordo com o Censo Escolar 2019, elaborado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), existe uma disparidade entre as cinco regiões neste sentido.

Na região Nordeste, pouco mais da metade dos docentes na última etapa de ensino (53,9%) possuem diplomas de graduação e de licenciatura na disciplina que ensinam. O cenário mais crítico é constatado no Centro-Oeste. Na região, apenas 50,7% dos professores de ensino médio e 50,2% de ensino fundamental II têm a formação apropriada.

Mesmo no Sul, que apresenta melhores números, a situação não chega a ser satisfatória. Lá, 29,4% dos professores de ensino médio ministram aulas sobre conteúdos em que não são especializados.

A professora colaboradora da pós-graduação da Unicamp, Ângela Soligo, explica que a formação inadequada traz um impacto direto na qualidade das aulas. “Mesmo que sejam áreas parecidas, aquele profissional não se dedicou a estudar o assunto. O tipo de conhecimento que vai trabalhar com os alunos será superficial”, enfatiza.

A especialista ouvida pelo G1 defende que um processo de aprendizagem adequado depende que os docentes tenham graduação e licenciatura imprescindivelmente. “A pessoa pode até dominar o conteúdo, mas sua formação deve abarcar as estratégias de ensino: conhecimentos de como lecionar, preparar um plano de aula, elaborar uma avaliação”, argumenta.

BNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.