Manhã desta terça-feira (11) começa com protesto em rua que dá acesso aos residenciais Juazeiro, no bairro itaberaba

Por volta das 7h desta terça-feira (11), moradores do bairro Itaberaba, em Juazeiro-BA, iniciaram um protesto contra a situação das ruas do local. Cansados de reivindicar e esperar por ações do poder público, os comunitários interditaram, mais uma vez, a rua 11, que dá acesso aos residencias Juazeiro 1,2 e 3.

“Esta não é a primeira vez que a gente vem pra rua chamar atenção dos governantes. Estamos há anos nesta luta e não vamos parar até que uma atitude seja tomada. Estamos cansados de promessas e queremos soluções. A situação dessa rua e de outras do bairro é uma vergonha. Muitos buracos e muita poeira. Quando chove o problema só piora. Queremos ser notados e ouvidos, e infelizmente o único jeito é interditando as ruas”, declarou um comunitário.

O protesto acontece no primeiro dia útil após o feriado municipal de carnaval e primeiro dia de aulas nas escolas municipais, o que acabou provocando alguns transtornos para o restante da comunidade. Apesar disto, os comunitários apoiam o movimento.

“Estamos sem ter como ir trabalhar e levar nossos filhos para a escola, porque está tudo interditado e não passa ônibus, nem carros e motos. Mas, sabemos que este protesto é válido. Já passou da hora da prefeitura pavimentar essas ruas. Sofremos diariamente por conta destes buracos”, declarou a moradora do residencial Juazeiro 1, Luciene Santos.

O protesto acontece de forma pacífica.

Veja os vídeos:

 

 

O PNB está encaminhando a reclamação para a Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR).

Problema antigo

O PNB vem acompanhando a situação desde 2016. Em outubro daquele ano, o PNB publicou a reclamação de um morador em relação ao problema de pavimentação na avenida principal do bairro Itaberaba, que dá acesso aos residenciais (relembre). Em julho de 2017, houve uma outra matéria (relembre).

Já em setembro desse mesmo ano, após a comunidade realizar um protesto e interditar a via (reveja), a Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) chegou a realizar o serviço de recuperação da pavimentação (relembre). Entretanto, pouco tempo depois, em janeiro de 2018, os moradores voltaram a reclamar sobre o problema (reveja).

Em janeiro deste ano, o morador João Marcos, relatou que os problema na pavimentação esburacada nesta área existe há mais de 10 anos. Na ocasião, a Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) declarou que estava atenta e sensível a todas as demandas de infraestrutura do município e, assim que esse período chuvoso passasse, iria realizar a operação tapa buraco em todos os locais que estiverem com asfalto danificado, inclusive na entrada dos Residenciais Juazeiro 1, 2 e 3. (relembre)

 

 

Da Redação

Fotos e vídeos enviados pelos moradores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.