Troca de presentes: Lula entrega foto de índio da Amazônia para o papa, que retribuiu com um terço

 

Durante encontro com o Papa Francisco, nesta quinta-feira (13), no Vaticano, o ex-presidente Lula entregou uma imagem de um índio da Amazônia ao pontífice, que retribuiu o presente dando um terço ao petista.

A fotografia é do projeto “Índios Brasileiros” do fotógrafo Ricardo Stuckert, e retrata o índio Bejá Kayapó na aldeia Metuktire, no Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso.

No encontro Lula e o Papa conversaram sobre questões sociais

Na véspera do encontro, o papa publicou documento sobre a Amazônia. Sobre as questões ecológicas, o pontífice defendeu que os empreendimentos “que prejudicam a Amazônia e não respeitam o direito dos povos originários do território e sua demarcação, à autodeterminação e ao consentimento prévio, devem receber o nome que lhes corresponde: injustiça e crime”.

Ele também disse ter quatro sonhos para a Amazônia: que a região lute pelo direito dos pobres, preserve suas riquezas culturais e naturais e que a igreja seja capaz de ter um comprometimento generoso e forte ao atuar ali.

Na mesma semana desta manifestação do Papa Francisco, Jair Bolsonaro assinou decreto para transferir o Conselho da Amazônia do Ministério do Meio Ambiente para a Vice-Presidência e excluiu os governadores dos estados da Amazônia Legal da composição do órgão.

A medida recebeu algumas críticas, inclusive do Greenpeace. Bolsonaro reagiu às críticas e chamou a ONG ambientalista de “porcaria” e “lixo”.

O governo também não enviou convite à embaixada da França para a cerimônia de criação do Conselho da Amazônia. Outras missões diplomáticas foram chamadas e enviaram representantes.

Em janeiro,  Bolsonaro defendeu que as comunidades indígenas se integrem ao restante da sociedade e avaliou que, cada vez mais, o índio está “evoluindo” e se tornando um “ser humano igual a nós”.

No começo deste mês, o presidente assinou projeto que autoriza garimpo em terras indígenas.

Da Redação com informações da coluna de Monica Bergamo, Folhapress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.