Defesa de Moro se manifesta após liberação de vídeo: “avanço democrático”

A defesa do ex-ministro Sérgio Moro comentou a decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), de autorizar, nesta sexta-feira (22), a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. Essa gravação foi apontada por Moro como prova na investigação de suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

Em nota, a defesa do ex-ministro, encabeçada pelo advogado Rodrigo Sánchez Rios, diz que “recebeu com respeito e serenidade a decisão do ministro Celso de Mello, relator do Inquérito 4831, que entendeu pela divulgação do conteúdo substancial da reunião ministerial de 22 de abril de 2020. A decisão possibilita às autoridades e à sociedade civil constatar a veracidade das afirmações do ex-ministro em seu pronunciamento de saída do governo e em seu depoimento à Polícia Federal, em 2 de maio”.

Ainda em nota, a defesa de Moro ressala que “a decisão do Ministro Celso de Mello ressalta o avanço democrático brasileiro, coibindo qualquer tipo de arroubo autoritário e reafirmando a soberania da lei e dos valores da Constituição Cidadã”.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.