Bolsonaro admite que recebeu informações privilegiadas sobre investigação contra seus filhos

“O tempo todo vivendo sob tensão, possibilidade de busca e apreensão na casa de filho meu, onde provas seriam plantadas. Levantei isso porque, graças a Deus, tenho amigo policiais civis e policiais militares no Rio de Janeiro [informando] o que tava sendo armado pra cima de mim”, confessou Bolsonaro.

Com esta declaração, Jair Bolsonaro admitiu que foi informado, com antecedência, por policiais do Rio de Janeiro sobre operações que ocorreriam na casa de seus filhos. A declaração foi dada na noite desta sexta-feira (22) após a enorme repercussão do vídeo de sua reunião ministerial, divulgado pela Justiça.

Sobre o ex-ministro Sergio Moro, o presidente disse que mandou que seu ex-aliado não permitisse que ele fosse chantageado. “Moro, eu não quero que me blinde, mas você tem a missão de não deixar eu ser chantageado. Nunca tive sucesso pra nada. É obrigação dele me defender. Não é me defender de corrupção, de dinheiro encontrado no exterior. É defender o presidente pra que ele possa trabalhar, pra que possa ter paz”, acrescentou.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.