Um comentário

  1. Gostei da reportagem, nem sabia que ela era Pernambucana, e muito guerreira!Parabéns pela reportagem e pelo baião Sibelle.rsrs

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*