No dia do Dentista, a Dra Ana Luiza Marins tira dúvidas sobre saúde bucal das crianças

apre15

Quando deve começar os cuidados com a saúde bucal dos filhos é uma dúvida que todos pais têm. Como Outubro é o mês das crianças e, também, do profissional dentista, o Portal Preto no Branco entrevistou a Dra. Ana Luiza Marins, que atua com odontopediatria para tirar algumas dúvidas sobre a saúde bucal dos baixinhos.

Ana Luiza é graduada pela Faculdade de Odontologia de Pernambuco (FOP) – Universidade de Pernambuco, com aperfeiçoamento em Ortodontia pela Escola Pernambucana de Odontologia (ESPEO). Atualmente cursa especialização em Ortodontia na Associação Brasileira de Odontologia – PE.  Desde a graduação atende crianças, atualmente trabalha nas cidades de Juazeiro e em Casa Nova, no interior baiano, onde tem seu consultório.

ENTREVISTA POR: Fernanda Marins

PNB –  A partir de que idade os pais devem cuidar da dentição dos filhos?

A.M. – Os cuidados com os dentinhos devem iniciar a partir do nascimento do primeiro dente na cavidade bucal. Já devendo iniciar a escovação com pasta de dente com flúor, na quantidade apropriada e indicada pelo odontopediatra.

PNB –  Após a amamentação deve-se limpar a gengiva da criança. Porque se faz isso? O leite materno é prejudicial na formação dos dentes do bebê?

A.M. – A higienização da boquinha do bebê deve iniciar a partir dos seus primeiros dias de vida, é muito importante que após o aleitamento, a mãe limpe com gaze ou fralda umedecida por água filtrada ou soro fisiológico a boquinha da criança, evitando a proliferação de fungos e bactérias que podem causar manifestações prejudiciais para saúde do bebê. O leite não prejudica o nascimento dos dentes, mas a falta de higienização sim, pode afetar a saúde da criança.

apre16

PNB –  Qual a faixa etária aconselhável para a primeira consulta da criança?

A.M – Aconselho a primeira visita ser antes do primeiro ano de idade da criança, a partir do nascimento dos primeiros dentes. Esse primeiro contato é primordial para a orientação e prevenção de possíveis patologias orais. Ressalto a importância do pré- natal odontológico, em que a gestante é orientada sobre as alterações que possam ocorrer durante a gravidez e os primeiros cuidados com a saúde bucal do bebê.

PNB –  Geralmente crianças tem cáries com facilidade, muitas mães acreditam que seja por conta de alguns remédios. Os remédios, como antibióticos, podem acarretar em cáries?

A.M – A relação entre o antibiótico administrado ás crianças e a cárie é pela  seu alta concentração de açúcar em sua composição. O risco pode ser combatido perfeitamente com a higienização após administração da medicação.

PNB –  Que preocupação os pais devem ter na hora de ensinar os filhos a escovar os dentes?

A.M. – Até por volta dos 7 anos, os pais devem escovar os dentes dos seus filhos, por que as crianças mais novas não apresentam coordenação motora suficiente. Importante realizar a escovação correta, com a escova pequena e de cerdas macias com creme dental com flúor. A quantidade de creme dental depende da idade da criança. A escovação deve durar em torno de dois minutos e atingir todos os dentes, não esquecer de escovar a língua e passar o fio dental.

apre45

PNB – Depois da primeira consulta, com que frequência as crianças devem retornar ao seu dentista?

A.M. – A frequência das consultas irá ser determinada pela necessidade de cada criança. Mas em média orientamos a frequência das consultas  de 6 em 6 meses.

PNB – É aconselhável colocar aparelho ortodôntico em crianças com menos de 10 anos? Com que idade, as que precisam devem usar?

A.M. – Ao decorrer do crescimento, a criança é avaliada em relação a sua oclusão, observando se desenvolveu algum hábito deletério que possa afetar a sua oclusão, seu crescimento ósseo e a troca dos dentes decíduos pelos permanentes. A partir dessa avaliação iremos determinar a real necessidade de intervenção. Existem vários tipos de aparelhos e  de indicações. Determinar a real idade da criança é complicado, por que existem vários casos e vários planos de tratamento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*