Campus Party Bahia: Estudantes da UNEB de Alagoinhas se destacam com Projeto “Arena Games”

 

A estudante baiana Luídia Falcão, 26 aos, que é campuseira e já frequentou três Campus em São Paulo, fez questão de marcar presença na primeira edição no estado. Ela contou à reportagem sobre o projeto da equipe da Uneb Campos II em Alagoinhas, que desenvolveu conteúdo direcionado aos games.

A comunidade “Arena Games” realiza palestras, auxilia na criação de games e também oferece conteúdo acadêmico. Ela elogiou a organização do evento, parabenizando o pessoal do Campus Party e a Arena Fonte Nova.

O Projeto Arena Games tem realizado transmissões ao vivo do evento em sua página no facebook.

“O Arena Games trás para os campuseiros da primeira edição da Campus Party Bahia um campeonato de Just Dance, para os que não conhecem esse é um game que exercita o corpo e proporciona momentos de diversão com a galera! Os participantes poderão escolher entre as versões 2015, 2016 e 2017 do Just Dance, comecem a preparar o esqueleto!”, diz a descrição do que pretende o projeto na Campus Party.

O Campus Party Bahia, maior evento tecnológico do mundo é um festival de inovação, criatividade e realidade virtual. Não à toa, reúnem jovens de diferentes segmentos, dentre eles o pessoal do mundo dos games, como os estudantes da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Por conta disso, foi montado um espaço dentro da Arena Fonte Nova, onde os campuseiros ligam os seus computadores nas mesinhas e utilizam a internet de 40GB disponibilizada pelo evento. Afinal, um dos principais pontos do Campus é trazer o universo da tecnologia para as pessoas e incentivar na criação de projetos, além de possibilitar aos campuseiros a divulgação do seu trabalho para possíveis investidores.

 

Para os campuseiros ou visitantes que são amantes dos games, o stand do Governo da Bahia conta com um espaço disponibilizado pela Secretaria de Saúde (Sesab), com dois jogos educativos referentes à saúde. São eles: “Deu Zika” e “Sangue Bom”, com o intuito de conscientizar e incentivar o combate do mosquito Aedes Aegypti, misturando a tecnologia da realidade virtual com a realidade em que vivemos.

Conheça mais sobre Isabela, Géssica, Gleison e Luidia:

Isabela Sardeiro, 24 anos, bacharelanda em Sistemas de Informação pela UNEB de Alagoinhas, ganhadora 2014 do Concurso Ideias Inovadoras da Fapesb, idealizadora do Arena Games, apaixonada por Just Dance e pesquisadora da área de Interação Homem Computador.

Géssica Marques da Cruz, é graduanda do curso de sistemas de informações na Universidade do Estado da Bahia, fã das inovações tecnológicas, faz parte do grupo de idealizadores do Arena Games e do Projeto HelpHaz, com formação técnica em Segurança do trabalho. Sempre buscando aprender cada dia mais.

Gleison Fernandes da Silva, é formado no curso técnico em Eletroeletrônica e cursando Bacharelado em Sistema de Informação na UNEB. Participou como monitor voluntário do Projeto Social Incluir, na área de tecnologia da informação na instituição APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), foi Tutor à Distância no Curso de Programador de Sistemas do Programa do Programa Nacional de Apoio à Inclusão Digital nas Comunidades TELECENTROS.BR, atualmente participo de projetos e pesquisas sobre desenvolvimentos de aplicativos Mobile e membro idealizador e criador do Arena Games.

Luidia Falcão, 26 anos, Graduanda em Sistemas de Informação pela Universidade do Estado da Bahia, idealizadora do Arena Games, Coordenadora de Campeonatos, gamer, desenvolvedora front-end no projeto Táquion e pesquisadora na área de redes de computadores e interação homem computador voltado a área de saúde.

Da Redação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*