Quebrando o Silêncio estreia amanhã (28) e reforça o combate à violência contra à mulher

“Quebrando o Silêncio”,  filme do diretor, roteirista e ator juazeirense Hertz Felix estreia amanhã, segunda-feira (28), às 20 horas no Centro de Cultura João Gilberto, com entrada franca.

No elenco, Lidiane Braga, Ana Cecília, Rosália Costa, Rosy Luciane e a participação do Ator Alecsander Ferreira (Sandrão).

O filme trata de um dos assuntos mais debatidos na atualidade: a violência doméstica, já uma questão de saúde pública no Brasil, que possui uma população feminina de mais de 103 milhões de mulheres, segundo dados de 2014. Uma em cada cinco, considera já ter sofrido algum tipo de violência por parte de algum homem, conhecido ou desconhecido.

Entre os diversos tipos de violação à integridade e à dignidade humana das mulheres, estão: violência doméstica e familiar, violência sexual, feminicídio, violência de gênero na internet, violência contra mulheres lésbicas, bi e trans e violência e racismo.

O filme também marca os 11 anos da Lei Maria da Penha, principal ferramenta no combate à violência doméstica e familiar e tipifica as formas de agressão à mulher. Mais do que física, abrange abusos sexuais, psicológicos, morais e patrimoniais entre vítima e agressor – que não precisa necessariamente ser cônjuge, basta que tenha algum tipo de relação afetiva.

Segundo pesquisa realizada em 2017 pela Datafolha, uma em cada três mulheres sofreram algum tipo de violência no último ano – e o agressor, em 61% dos casos, é um conhecido. 19% das vezes eram companheiros atuais das vítimas e, em 16%, ex-companheiros. Em 43% a agressão mais grave foi dentro de casa e em 52%, a vítima não procurou ajuda ou denunciou o agressor.

“Quebrando o Silêncio” quer mobilizar a sociedade para o enfrentamento desta chaga social e orientar as mulheres vítimas a denunciarem a violência sofrida, quebrando o ciclo de violência.

Após a estreia, o filme será exibido nos bairros de Juazeiro e também na zona rural do município, fazendo parte do projeto “Sou mulher, quero respeito!”

“Sem o apoio das Secretarias de Educação e de Cultura de Juazeiro, não seria possível a realização deste projeto, que tem por meta exibir o filme em bairros e distritos do município, procurando esclarecer sobre o tema e incentivar as vítimas a denunciarem seus agressores. Agradeço aos Secretários Lucente Alves e  Sérgio Fernandes por tem abraçado esta nobre causa em defesa da campanha “Sou Mulher e Quero Respeito!”, declarou Hertz.

Na estreia do filme acontecerá uma roda de conversa sobre o tema com a participação da Delegada da Mulher, Rosineide Mattos, da jornalista e Conselheira da mulher, Sibelle Fonseca, e do professor de história e militante do movimento LGBT de Juazeiro Antônio Carvalho.

“Convidamos todas as mulheres e também os homens a assistirem “Quebrando o Silêncio” , que traz um apelo forte e convida toda comunidade a se engajar no enfrentamento à violência doméstica nas suas mais variadas formas. Temos a pretensão de abrir os olhos de todas as mulheres da região sobre seus direitos e a importância da denuncia, como forma de prevenir e combater a violência doméstica”, ressaltou Hertz Félix.

Amanhã (28) , Hertz Felix será entrevistado no programa Palavra de Mulher, na Web, às 9 da manhã e dará detalhes sobre a produção, contexto e enredo de “Quebrando o Silêncio”.

Da Redação 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*