HU-Univasf e APA assinam acordo de cooperação técnica

O Hospital da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf) e a Associação Petrolinense de Atletismo (APA) fecharam uma parceria que promoverá atividades que trarão diversos benefícios para os pacientes e também para os atletas e paratletas ligados à associação. Representantes das duas instituições assinaram um acordo de cooperação técnica, no início dessa semana, no auditório do hospital.

O acordo possibilitará aos integrantes da APA acesso aos serviços oferecidos pela unidade. “Os atletas e paratletas serão atendidos pela equipe multiprofissional do HU, formada por: médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, educadores físicos, entre outros. Eles poderão passar, quando necessário, por consultas, exames clínicos e ambulatoriais. Ainda existem propostas de desenvolvimento de projetos de pesquisas que com certeza colaborarão com o trabalho da APA”, explicou o Gerente de Ensino e Pesquisa do HU-Univasf, Ricardo Santana.

O corredor Antônio Carlos Mendes será um dos beneficiados pela parceria entre as instituições. Treinando na APA há apenas um ano, Antônio Carlos já conquistou o 3º lugar na prova dos 5 mil metros para deficientes visuais no Circuito Brasileiro Paralímpico deste ano. Segundo o paratleta, o apoio dos profissionais do HU-Univasf potencializará o desempenho dos atletas nos treinos e competições.

A partir do acordo de cooperação, o HU-Univasf se tornará um cenário de observação e identificação de possíveis esportistas. Aqueles pacientes que tiverem perfil adequado poderão ser inseridos no esporte através da APA, após o tratamento de reabilitação disponibilizado pelo hospital.

“Vamos estar atentos na busca por novos atletas que possam surgir daqui do HU. Nosso foco não é só a formação profissional do atleta, mas também a melhora na qualidade de vida das pessoas. Na APA existe um universo de categorias esportivas, onde ele pode se enquadrar, se identificar. Não é por causa do trauma ou de uma deficiência adquirida que o indivíduo precisa se isolar”, disse o presidente da APA, Natanael Barros.

O reitor da Univasf, Julianeli Tolentino, esteve presente na cerimônia de assinatura do termo de cooperação e falou sobre as suas expectativas em relação aos resultados do acordo. “O papel do HU-Univasf é de, cada vez mais, fomentar ações que contribuam com a saúde do homem e da mulher sertanejos. Os pacientes que porventura foram vítimas de traumas, agora poderão participar das atividades da APA e até, quem sabe, tornarem-se atletas que representarão a nossa região. Espero que em breve tenhamos bons frutos no sentido de

estarmos colaborando com o bem-estar dos nossos pacientes e dando o retorno que a sociedade tanto precisa”, afirmou.

Associação Petrolinense de Atletismo (APA)

A APA é uma associação sem fins lucrativos com caráter desportivo que há 14 anos vem atuando nos segmentos olímpico e paralímpico, nos estados de Pernambuco, Bahia Sergipe e Ceará. Atualmente, existem 250 atletas e 45 paratletas associados.

No quadro geral de medalhas do Circuito Brasileiro Paralímpico de 2017, a APA ficou com a segunda colocação entre 141 clubes competidores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*