“Demolição já foi paralisada”, diz Prefeitura sobre prédio histórico de Juazeiro-BA

A demolição de mais um prédio histórico de Juazeiro-BA, gerou indignação em cidadãos e em instituições de representação social da cidade. O imóvel, que fica localizado na Avenida Dr. Juvêncio Alves, área central, já foi residência de uma família tradicional, funcionou como quartel da Polícia Militar e como estabelecimentos comerciais.

Para impedir a destruição do prédio, o Conselho Municipal de Cultura (CMC) de Juazeiro emitiu ontem (06) uma nota de repúdio contra a demolição e enviou ofícios à Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esporte (Secult) de Juazeiro e ao Ministério Público, pedindo a paralisação das atividades. Clique aqui e veja a nota do CMC

Porém, apesar da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) ter determinado que a obra fosse embargada, populares flagraram na manhã de hoje (07), a casa sendo demolida por trabalhadores, sem qualquer segurança. Clique aqui e veja o vídeo

Em nota enviada para a redação do PNB, a Prefeitura de Juazeiro se manifestou através da SEMAURB e da SECULTE sobre a demolição.

Veja a nota na íntegra:

NOTA SEMAURB E SECULTE

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) informa que a demolição do prédio histórico localizado à Rua Juvêncio Alves, Centro, foi embargada e a demolição já foi paralisada.

A Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte informa também que o prédio é patrimônio da cidade, conta parte da história da cidade e não deve ser demolido, mas restaurado, preservando sua cultura e identidade.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.