“Conheço muitos casos de diretores que agridem atrizes”, diz ex protagonista de espetáculo que acusa diretor de agredi-la

Foto: Divulgação

Em contato com o Portal Preto No Branco, a atriz Ronaly Barbosa alegou ter sido agredida pelo diretor da peça teatral “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, da qual seria protagonista.  Segundo ela, o fato se deu no último dia 05, no Centro de Culta João Gilberto, onde acontecem os ensaios do espetáculo.

Ronaly afirma ter sido sido agredida verbalmente e fisicamente pelo diretor, após opinar sobre a falta de um dos integrantes do elenco no ensaio. “ A agressão começou com ele levantando a voz e apontando o dedo pra mim. Em um momento descontrolado ele partiu pra cima de mim para me dar um murro, que pegou de raspão porque eu levantei. Ele achou que eu estava querendo tirar a autoridade dele de diretor”, diz ela, afirmando que o pessoal do elenco precisou contê-lo.

Ela diz ainda que ouviu palavras de baixo calão e que acabou reagindo, jogando um copo de água na cara do diretor.

A atriz prestou queixa na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), mas não foi realizado o exame de corpo de delito para constatar a agressão física.

” Olha que contraditório isso acontecer também nas artes. Isso tem que acabar. Conheço muitos casos de diretores que agridem atrizes. Tornei esse caso público porque estamos num momento em que a mulher tem que ter voz e vez. Resolvi expor também porque as pessoas precisam saber os motivos da minha saída, já que minha imagem vinha sendo divulgada”, justificou a atriz.

O outro lado:

Netinho Duarte, diretor da peça,  nega ter agredido fisicamente a atriz e diz que e o único intuito da atriz é “atingir o espetáculo”. “Ela está tentando atingir o espetáculo, dizendo que foi agredida pelo diretor. Ela confundiu a relação de amizade e de profissionalismo. Além disso, ainda jogou um copo com água na minha cara. Eu lhe asseguro que isso tudo que ela disse é mentira e tenho várias testemunhas que presenciaram a cena”, diz ele.

Segundo o diretor, a atriz teria “inventado” a história depois que ele entrou em contato com outra atriz para ela ocupar o papel de Dona Flor. Netinho, no entanto, não negou ter trocado xingamentos com Ronaly. “Ela começou a me xingar e eu a xinguei de volta, isso eu não nego. Agressões verbais foram muitas, de ambas as partes, mas não teve agressão física. Ela se pôs como vítima”, finaliza Netinho.

A atriz, em nota compartilhada em um grupo de WhatsApp, se desculpou com o elenco da peça, disse que sua intenção não foi prejudicar o espetáculo e pediu justiça.

Confira:

“O primeiro a pedir desculpas é o mais corajoso.”Quero me desculpar com o ELENCO, que nada tem a ver com essa situação. São pessoas talentosas, amigos meus, pelos quais tenho muita admiração e respeito.

Nunca foi minha intenção prejudicar o espetáculo. Ratificando, apenas precisava informar ao público as razões do meu desligamento. Nunca foi minha intenção dividir ” lados”.

Nós, da classe artística, já somos a minoria e se ainda nos desunirmos mais…

A classe artística só tem um lado. O lado da arte! Que foi onde aprendi a primeira lição que todo artista deve ter: a humildade! “O que te leva aonde você quiser é a humildade”. Porque com a humildade vem tudo, conhecimento, crescimento e claro, respeito.

Ao agressor, eu só quero justiça.

Aos artistas, dizer que o show tem que continuar!

Da Redação

 

link do post no facebook

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*