É hoje: Juazeirense estreia no Brasileirão Série C jogando em casa contra o Confiança (SE)

Pela primeira vez, um clube da Bahia disputará a Série C oriundo de um acesso. Trata-se da Juazeirense, 4º colocado da Série D em 2017. O campeonato começa neste sábado (14) com três jogos, um deles do Cancão de Fogo, que enfrenta o Confiança, às 18h30, no Adauto Moraes, em Juazeiro. Os outros são Tupi x Tombense e Botafogo-SP x Bragantino.

A equipe baiana fará a sua estreia justamente numa Série C das mais difíceis. Terá pela frente, por exemplo, dois grandes de Pernambuco, Santa Cruz e Náutico, rebaixados da Série B no ano passado. Além do Timbu, outros três adversários do Grupo A levantaram os títulos de seus estaduais neste ano: ABC, Botafogo-PB e Remo.

O Grupo A possui apenas times do Norte e Nordeste. Além dos já citados, fazem parte dele Atlético-AC, Globo e Salgueiro. Os dez clubes se enfrentam dentro do grupo em jogos de ida e volta, totalizando 18 rodadas. Os quatro primeiros colocados avançam para as quartas de final. Enquanto isso, os dois últimos serão rebaixados para a Série D.

Nas quartas de final, os classificados do Grupo A enfrentarão os do Grupo B, formado por times do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Uma curiosidade do campeonato é que ele não vai parar durante a Copa do Mundo. A primeira fase acaba no dia 12 de agosto. Os quatro semifinalistas, que garantem o acesso para a Série B, serão conhecidos no dia 26 de agosto.

O técnico Luiz Antônio Zaluar, mantido após a terceira colocação no Baiano, faz projeções: “É uma chave muito difícil, com quatro campeões estaduais. O primeiro objetivo é segurar a Juazeirense na Série C, já que é a primeira vez que o clube joga um campeonato nacional desse porte. Acho que com 21, 22 pontos garantimos”, diz o treinador. Isso significaria um aproveitamento de 40%.

“Para classificar entre os quatro, calculamos 34 pontos. É mais do que ganhar todos os jogos em casa, porque vamos disputar 27 pontos em Juazeiro. Seria um aproveitamento de 60%, mais ou menos o que tivemos no Baiano, mas o nível de competitividade na Série C é muito maior”, completa Zaluar.

Base mantida
A diretoria optou por manter o técnico Luiz Antônio Zaluar e todo o elenco do Baianão, no qual a Juazeirense só foi eliminada nas semifinais, para o Bahia. “Fizemos uma reunião com toda a comissão técnica e dirigentes para saber a avaliação deles. Constatamos que tínhamos apenas 21 jogadores e algumas carências. Preferimos contratar de cinco a sete atletas para qualificar o elenco”, explica o presidente do clube, o deputado estadual Roberto Carlos.

O grande reforço para a Série C é o retorno do meia Juninho Tardelli, de 35 anos. Irmão mais velho do atacante Diego Tardelli, o camisa 10 foi destaque da Juazeirense na campanha da Série D do ano passado e estava no América-RN. “Ele deixou uma ótima impressão, rapidamente virou ídolo da nossa torcida. Felizmente, conseguimos trazê-lo de volta”, disse Roberto Carlos.

Os laterais-direitos Nem e Carlinhos, este com passagem pelo Vitória em 2012, também chegam ao time. “Notamos que tínhamos uma carência muito grande na lateral direita. Nem jogou a Série D conosco e é muito polivalente, joga até no ataque. E Carlinhos é experiente, jogador de força e velocidade. Além disso, é de Juazeiro”, completou o presidente.

Os destaques do time continuam sendo os atacantes Rayllan e Salatiel, além do meia Bruno Matos. Por este último, inclusive, o presidente da Juazeirense disse ter recebido sondagens até mesmo do Bahia, mas ele segue para a Série C: “Ele fica. Temos contrato com ele até dezembro. Alguns clubes como Guarani, Fortaleza e Bahia se interessaram, mas o que é real mesmo é que ele continua conosco e só sai daqui se tiver algo que venha a ajudar o clube financeiramente”.

Zaluar finalizou a preparação para a estreia na manhã de sexta-feira (13). Com todos os reforços regularizados, a equipe terá apenas duas novidades em relação ao time-base do Baiano. A escalação para enfrentar o Confiança tem Tigre; Carlinhos, Alysson, Eron e Deca; Waguinho, Júnior Gaúcho, Juninho Tardelli e Bruno Matos; Rayllan e Salatiel.

Veja a tabela da Juazeirense no 1º turno:
Juazeirense x Confiança – sábado (14), às 18h30;
ABC x Juazeirense – domingo, 22 de abril, às 16h;
Juazeirense x Remo – sábado, 28 de abril, às 19h;
Juazeirense x Globo-RN – sábado, 5 de maio, às 18h30;
Atlético-AC x Juazeirense – domingo, 13 de maio, às 19h;
Juazeirense x Náutico – domingo, 20 de maio, às 19h;
Salgueiro x Juazeirense – domingo, 27 de maio, às 16h;
Santa Cruz x Juazeirense – sábado, 2 de junho, às 19h;
Juazeirense x Botafogo-PB – sábado, 9 de junho, às 18h30.

Correio da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.