Ficou pra depois a votação do decreto que concede Título de Cidadão Petrolinense a Sérgio Moro

Mais uma vez foi adiada a votação do Decreto Legislativo para concessão do Título de Cidadão Petrolinense ao juiz da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, Sérgio Fernando Moro, que entraria em pauta na sessão plenária desta terça-feira (15) na Câmara de Vereadores.

A sessão foi dedicada a prestação de contas da secretaria de saúde do município.

O decreto, de autoria do vereador Ronaldo Silva (PSDB) e que já havia sido retirado de pauta por falta de votos suficientes, precisa da aprovação de 16 vereadores.

Mesmo não atendendo a premissa de conceder o título municipal às pessoas que tenham relevantes serviços prestados a comunidade local, como estabelece o artigo 13 da Lei Orgânica do Município de Petrolina, o autor argumenta que Sérgio Moro deva receber o título “por relevantes serviços prestados a nação brasileira em combate a corrupção”.

Na sessão de hoje Ronaldo Silva ainda “exigiu” que o decreto esteja na pauta da próxima sessão.

Lembrando: Não se tem conhecimento de que o Juiz Sérgio Moro tenha, ao menos, visitado a cidade de Petrolina.

Lembrando também que o vereador é da base do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), que no último dia 7 teve o inquérito em que é denunciado por corrupção, enviado para o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, pelo Ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Da Redação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*