Audiência pública discute sobre racismo institucional e políticas afirmativas nesta quinta-feira (17) em Petrolina

(foto: divulgação)

Vai ser realizada nesta quinta-feira (17) no auditório da biblioteca da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Campus Centro de Petrolina, uma audiência pública para discutir sobre o racismo institucional. A audiência é aberta à participação de toda a população da região.

Serão discutidas políticas afirmativas e o racismo no ambiente universitário, com foco em três eixos principais: cotas raciais para discentes e servidores; ações de combate ao racismo institucional e a aplicação da Lei N° 10.639/2003, que regula o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira.

A audiência tem o objetivo de coletar as demandas da sociedade civil para o combate ao racismo através da participação do público presente, que poderá apresentar sugestões e opiniões sobre o assunto. As ações propostas durante as discussões irão contribuir para a elaboração do plano de trabalho da CPAA para os próximos meses.

A ideia da realização da audiência surgiu a partir de um episódio de racismo sofrido por um estudante da Univasf no Campus Juazeiro, em novembro do ano passado, durante as ações que marcaram o Novembro Negro na instituição.

O evento é promovido pelo Grupo de Trabalho de Combate ao Racismo Institucional, criado pelo Conselho Universitário (Conuni), em 2018, pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex), pela Coordenação de Políticas de Ações Afirmativas (CPAA), pelo Núcleo de Estudos Étnicos e Afro-brasileiros Abdias do Nascimento-Ruth de Souza (Neafrar), ambos da Univasf, em parceria com a Seção Sindical dos Docentes da Univasf (Sindunivasf), o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Juazeiro e Movimentos Antirracistas do Vale.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.