Lucinha Mota lança pré-candidatura à Deputada Estadual pelo Pernambuco neste domingo (20)

(foto: divulgação)

Após falar com exclusividade no programa Palavra de Mulher na web sobre suas pretensões políticas, Lucinha Mota, mãe da menina Beatriz Angélica, assassinada na noite do dia 10 de dezembro de 2016, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, vai lançar sua candidatura à Deputada Estadual pelo estado de Pernambuco neste domingo (19). A família acredita na política como um reforço a mais para continuar na luta contra a impunidade sobre o caso, que completou 2 anos e 5 meses sem nenhuma solução.

Sobre possíveis críticas ou ataques sobre seu ingresso na política partidária, Lucinha disse: “Nada vai me alcançar. Estou pronta para enfrentar o que vier pela frente”.

Sandro Romildo, pai da menina Beatriz, acredita que “A política é uma das armas disponíveis nesse momento. Temos que continuar lutando por justiça”, disse ao PNB.

Segundo Lucinha, houve convite de diversos partidos do pernambuco, mas a escolha pelo Psol se deu após uma profunda análise e um estudo. “Um dos motivos para eu ir para o PSOL foi a liberdade. A história do PSOL é bonita e limpa”, disse a professora durante o programa no último dia 10 de maio.

O ato de lançamento da candidatura de Lucinha Mota acontece neste domingo (19), às 18h, no Neuman Hotel, no centro de Petrolina.

Da Redação

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.