Comunidades de Itamotinga são atendidas por especialidades durante Caravana da Saúde

 

Na manhã desta quarta-feira (23), a Unidade Básica de Saúde Barra Bonita no NH4, Distrito de Itamotinga recebeu a 120º edição da Caravana da Saúde, programa de governo que há mais de três anos tem reduzido as demandas reprimidas em consultas e realização de exames pela rede pública de saúde.

Com especialidades nas áreas de endocrinologia, cardiologia, ortopedia, odontologia, atendimento clinico, realização de exames laboratoriais e eletrocardiogramas, contabilizou 182 atendimentos. Durante a Caravana da Saúde os moradores puderam ainda realizar a atualização do cadastro da Bolsa Família, serviço oferecido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade – SEDES, através da Estação Cidadania.

Uma usuária da unidade e que durante a caravana pôde passar por especialista e realizar exames pré-operatórios foi a dona de casa Severina Ana da Silva. “Preciso fazer uma cirurgia e soube que podia fazer meus exames todos aqui. Fiz o eletrocardiograma e passei na cardiologista, daqui já saio com meus exames prontos e preparada para fazer a cirurgia. Gostei muito do atendimento e dos profissionais”, pontuou a dona de casa.

A Caravana da Saúde tem como finalidade o atendimento especializado para quem já possui guia para consulta ou realização de exames. A aposentada Maria Dantas Barbosa levou a irmã de 89 anos para realização de exames. “Fomos bem atendidas. Foi rapidinho para fazer o eletrocardiograma e a consulta com a cardiologista foi ótima. Esse é um bom programa que ajuda muito a todos”, relatou.

O agricultor Josemir Ferreira Alves falou da comodidade no atendimento na localidade. “É muito mais satisfatório o atendimento aqui no posto de saúde porque não atende só a comunidade do NH4, mas toda a redondeza. Muitas pessoas sendo atendidas e que estão perto de casa, para irmos para a cidade temos que pagar passagem, gastar com lanche e aqui não, saímos da roça para vir consultar e fazer exames e depois voltamos”, explicou.

Para a médica e vice-prefeita, Drª Dulce Ribeiro é preciso que haja sensibilidade das pessoas e atenção com a saúde. “A saúde é nossa maior riqueza e somente cada pessoa pode iniciar os cuidados com boa alimentação, horário regular de descanso, sem estresse, prática de atividade física e consultas regulares. É importante relatar ao profissional da saúde na atenção básica sobre todo e qualquer sintoma ou procedimento que tenha passado. A unidade de saúde é a porta de entrada dos cuidados iniciais do ser humano” informou Drª Dulce Ribeiro.

Débora Sousa/ SESAU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.