Seu cão tem medo de fogos? Confira algumas dicas valiosas para ajuda-lo

Nesta época do ano, com os festejos juninos, uma das tradições são os fogos de artifícios. Uma brincadeira que incomoda não só a muita gente, mas também a alguns animais. Os cães, por exemplo. Como a audição deles é muito mais aguçada que a nossa, o barulho dos fogos acaba causando estresse e medo nos caninos. O medo de fogos de artifício é uma fobia muito comum. É normal que eles se assustem como o barulho alto e repentino e o clarão que se forma no céu. Mesmo o cão mais confiante e equilibrado pode se assustar e ficar com medo de sons que não são familiares para ele. A boa notícia é que tem algumas coisas que você pode fazer para ajudar o seu cão a passar com mais tranquilidade por esse período de festas – e fogos.

Seguem aqui, algumas dicas valiosas do veterinário Alexandre Figueiredo para ajudar ao seu cão, caso ele tenha medo ou fique estressado com os fogos.

1) A dica número 1 e talvez uma das mais importantes em várias ocasiões é colocar uma plaquinha de identificação na coleira do seu cachorro. Essa plaquinha deve conter o nome do animal e um telefone de contato. Desta forma, se o seu cachorro fugir por causa do medo dos fogos, quando ele for achado, a pessoa poderá entrar em contato.

2) Continuando nessa linha da dica número 1, muitos cães ficam tão nervosos com o barulho dos fogos, que tentam fugir de qualquer forma. Eles são capazes de pular muros altos, quebrar portas e até se jogar pelas janelas! Então a dica número 2 é: Mantenha portas e janelas fechadas. Além de prevenir fugas, o barulho dos fogos será minimizado. E é claro… se estiver calor, você deverá deixar ele em um local com ar condicionado.

3) A dica número 3 é: Deixe a televisão ligada com o som alto! A imagem pode distrair e o volume alto da televisão ajuda a disfarçar o barulho dos fogos.

4) Se o seu cachorro for muito medroso, não o deixe sozinho em casa, pois ele sofrerá bastante.

Muito importante nestes casos é não ficar fazendo carinho no seu cachorro se ele estiver com medo, pois essa sua ação vai reforçar para ele que aquele situação é perigosa e ele está “certo” de estar com medo.

Simplesmente mantenha-se calmo, como se nada estivesse acontecendo. Não mude seu tom de voz e quando um barulho acontecer, você até pode comemorar se quiser, de forma discreta.

5) Escolha o cômodo da casa que ele mais goste de ficar e faça um “cantinho da segurança” para ele. Coloque sua caminha num local protegido, como embaixo de uma mesinha (que ele caiba), pode ser embaixo da cama ou simplesmente ao lado de um sofá.

6) Utilize maços de algodão para tapar os ouvidos do seu cão. Desta forma, o som ficará abafado e com certeza vai ajudar a diminuir o estresse dele.

7) Fazer um passeio longo ou brincar bastante com o seu cachorro até ele cansar é uma boa forma de esgotar as energias dele no final da tarde. Desta maneira, ele estará cansado e isso o ajuda a ficar mais relaxado no momento dos fogos a noite.

8) Utilizar brinquedos interativos, que liberam a comida à medida que o animal brinca com ele é uma boa forma de mantê-lo distraído. Coloque seu petisco favorito e até mesmo suje com alguma ração pastosa de boa qualidade. Desta forma ele deve ficar muito mais interessado nesta recompensa e pode nem se ligar nos fogos.

9) O seu comportamento diante dos fogos e de qualquer situação é claramente interpretado pelo seu cão. Portanto, principalmente nestas situações de fogos, mantenha-se tranquilo para que você passe essa tranquilidade para o seu cão. Donos ansiosos costumam ter cães ansiosos, justamente porque eles refletem os comportamentos do tutor.

Preferencialmente, utilize o máximo desta dicas juntas, porque isso vai ajudar bastante o seu cão a não ficar estressado ou com medo durante os fogos.

Da Redação com informações do site Dicas Boas pra Cachorro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.