Preço da cesta básica apresenta aumento no mês de junho em Petrolina

(foto: reprodução/internet)

Dados levantados pelo Índice de Cesta Básica (IBC) apontam que o custo da cesta básica de alimentação apresentou aumento de 1,64% em comparação com o mês de junho na cidade de Petrolina. A inflação, segundo o colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), tem relação com os exportadores que estão aproveitando a taxa de câmbio favorável para aumentar as exportações, o que faz com que a oferta interna diminua no período, aumentando os preços.

A pesquisa mostra que o custo da cesta básica na cidade pernambucana passou de R$ 291,02 em maio para R$ 295,80 em junho. Ainda de acordo com o levantamento, considerando o acúmulo dos últimos doze meses, a cidade de Petrolina apresenta deflação de -10,66% e inflação 0,72% em 2018.

Com exceção do pão francês e do café em pó, os demais produtos tiveram aumento de preços. O preço da carne bovina aumentou em razão da menor disponibilidade no mercado interno e o aumento da qualidade devido o abate de novilhos.

O preço mais alto da banana reflete o comportamento do início do mês de junho, quando os preços se elevaram na comparação com maio. A partir da segunda quinzena de junho, a maior oferta fez com que os preços aos produtores caíssem, de forma que o esperado é que esta alta da fruta não perdure no mês de julho.

Ainda segundo o IBC, o desequilíbrio entre oferta e demanda igualmente explica o comportamento de alta dos preços dos leites e de seus derivados, como a margarina.

O Colegiado de Economia alerta que os consumidores continuem fazendo pesquisas de preços, pois as variações de preços existentes para um mesmo produto podem superar os 200%.

O IBC não divulgou os dados da cidade de Juazeiro.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.