Leitora reclama de abandono no cemitério de Canudos-BA

 

“Lixos espalhados pelos corredores, vários objetos jogados e amontoados no local, além de muito mato”, é assim que Clécia Alves Varjão descreve a situação do cemitério da cidade em que nasceu, Canudos-BA. Em contato com a redação do portal Preto No Branco, ela afirma que espaço está abandonado e precisando de manutenção urgente.

“Como não ficar revoltada com a situação? O cemitério está totalmente abandonado. Observei até que um morador da cidade resolveu fazer do cemitério, pasto para suas ovelhas e bodes”, relata Clécia.

Ela conta que há dez anos reside em São Paulo e ao visitar sua cidade natal, espantou-se com a situação.

“Fui visitar o túmulo de minha mãe e de meus avós e fiquei assustada com o descaso. Até para encontrar o túmulo da família é um desafio. Existe apenas um corredor e temos que andar por cima dos túmulos”, acrescentou.

Clécia reclama ainda da falta de funcionários no cemitério de Canudos. “Estive no cemitério durante uma semana, para acompanhar o trabalho dos pedreiros que estavam construindo o túmulo da minha mãe e vi apenas um funcionário, em um único dia”, declarou.

Diante da situação, a canudense chama a atenção da gestão municipal e da população para o problema.

“Fui informada que existe uma associação que cuida do cemitério, mas não vi cuidado algum. Só abandono e descaso. A prefeitura da cidade pouco se importa com a memória dos mortos. Eles não votam! A população de Canudos deveria tomar uma iniciativa. A prefeitura não faz o serviço de limpeza no cemitério da cidade e são os familiares que têm arcado com a responsabilidade de zelar pelos restos mortais dos seus entes queridos”, finalizou Clécia Alves Varjão.

A redação do PNB já encaminhou as reclamações da leitora para a assessoria de comunicação da Prefeitura de Canudos. Estamos aguardando um posicionamento da gestão sobre o problema.

 

Da Redação Por Yonara Santos

7 Comentários

  • Marineide Alves de Macêdo disse:

    Parabéns a Clécia Alves Varjão pela coragem e atitude,
    Muitos verem se revoltam mas se calam e não fazem nada. Clécia meoiranfo fora tem feitos algumas ações na cidade de Canudos que até o momento ninguém teve a ombridade da mesma. Ela faz doações de alimentos no meio do ano na zona rural de Canudos como também na sede para as pessoas carentes, uma bela ação, comovente. E no final do ano ela manda os presentes de natal para aquelas crianças disprobidas de condições financeiras. A mesma não faz por ter condição mas sim por amor pela caridade. É uma linda história de amor e coragem.

  • Wilson Mendes disse:

    Parabéns Clecia por sua coragem , que vc continue assim uma mulher forte e corajosa que não teme os que se dizem poderosos .. te admiro demais

  • Wilson Mendes disse:

    Parabéns Clecia precisamos de mais pessoas com suas atitudes .

  • Nádia Márcia Campos Morais disse:

    Atitudes como a sua Clécia são motores para mudança. Neste caso para que a gestão pública se ocupe da sua responsabilidade em cuidar do patrimônio público que é um cemitério; mesmo tendo uma associação é antes de tudo responsabilidade do município através da prefeitura local. Lamentável , muitos queridos meus e de tantos canadenses estão aí sepultados, que a memória e o respeito aos que se foram seja respeitada e conservada. Mais uma vez, parabéns pela denúncia, espero em breve ver a resposta a este post por parte do prefeito.

  • Nádia Márcia Campos Morais disse:

    Ops, errei, Canudenses e não canadenses. Erro de digitação.

  • Elienai disse:

    Se cada um fizesse metade do que a Clecia faz, a situação seria bem diferente, ela poderia ficar na zona de conforto, pois n mora aqui, mas se preocupa com sua terra natal e seus conterrâneos. Parabéns pela sua atitude, Deus abençoe e ilumine sempre a sua vida!

  • EGBERTO SANTOS SAMPAIO disse:

    Valendo a máxima que diz:
    Para o triunfo do mal, basta apenas que os bons nada façam…
    Parabéns Clécia por não ficar de braço cruzado diante de tanto descaso. É lamentável ver a que ponto essa querida cidade chegou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.