“Grandeza da Fenagri se provou em Juazeiro”, por Tiano Félix

A 27ª Feira Nacional da Agricultura Irrigada provou-se um verdadeiro sucesso, tanto em termos de visitação qualificada, quanto em realização de negócios. Começamos a Fenagri no dia 11 de julho e na manhã seguinte já estavam sendo realizadas as primeiras movimentações financeiras com cifras importantes. Para nós era o sinal de que faríamos grandes avanços comerciais. De fato, durante os quatro dias, ela mostrou a que veio, sendo sucesso de crítica e unânime nas palavras dos visitantes e expositores.

Sem sombra de dúvidas, não teríamos alcançado tal êxito sem a participação ativa de nossos parceiros. Somos gratos ao Centro de Excelência em Fruticultura do SENAR, IRPAA, UNEB, Juá Garden Shopping, Embrapa, Codevasf, Univasf, IF-BA, Moscamed, ao Sebrae, sem deixar de citar a ACIAJ, que esteve conosco desde o começo.

A responsabilidade compartilhada culminou numa grade atrativa que superlotou as salas, laboratórios e auditórios da feira. Nossos temas surgiram a partir dos diálogos com os apoiadores e das sugestões vindas dos produtores e agricultores da região. Não à toa, apresentamos fóruns, seminários, minicursos e palestras abordando inovações social e sustentável, tratamento alternativo de água na zona rural, governança dos perímetros irrigados, o papel dos centros de abastecimentos, dentre outros que totalizaram 49 assuntos técnico-científicos.

A distribuição dos eventos em três polos, no Juá Garden, SENAR e UNEB, também se mostrou um enorme acerto. Suas estruturas, projetadas para receber grandes públicos, propiciou comodidade e as condições necessárias para o intercâmbio de conhecimento e de tecnologias. Nesses locais, superamos a expectativa de 50 mil visitantes, comprovada através das contabilizações nas entradas de carros, motos e nas fichas cadastrais dos nossos eventos.

A Fenagri 2018 também se destacou pelo interesse e participação de grandes empreendimentos.

Foram 160 estandes, representando empresas de todas as áreas, desde a produtora de energia e equipamentos agrícolas, pulverizadores, financeiras até a gestão, organização e monitoramento da produção e das fazendas. Acompanhamos esses expositores que nos passavam o feedback positivo do evento – disseram ter comercializado praticamente o dobro que em outras edições. No entanto, mais do que vender, buscamos fazer com que nossos produtores e o setor comercial de Juazeiro saíssem da Feira com um nível de conhecimento qualificado e mais capacitados para interagirem com os mercados nacional e internacional, ágeis e competitivos.

O prefeito Paulo Bomfim acreditou nessa ideia e nos incumbiu de realizar uma Fenagri que retomasse as suas raízes de promoção à capacitação e ao conhecimento científico.  Com isso, Juazeiro presta um grande serviço para a Bahia, o Vale do São Francisco e o Brasil e volta à agenda de grandes eventos agrícolas do país, demonstrando sua capacidade de organização, produção e promoção do conhecimento.

Por último, não poderia concluir este artigo, sem apresentar minha sincera gratidão às pessoas que passaram pela Fenagri, vindas da Itália, França, Portugal e de nossos estados irmãos, Pernambuco, Maranhão, Sergipe, Piauí, Rio Grande do Norte e o Ceará, além de delegações de São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Estamos muito felizes com a Fenagri 2018 e cientes de que sua realização só foi possível devido ao alto nível e comprometimento de nossos parceiros.

Tiano Félix é Secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária de Juazeiro e coordenador da FENAGRI 2018 / via CLAS Comunicação & Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.