Pernambuco confirma dois casos de sarampo

A Secretaria de Saúde de Pernambuco confirmou dois casos de sarampo no estado. Trata-se de um homem de 27 anos com histórico de viagem, no início de julho, para Manaus, onde há surto da doença. Lá, ele teve contato com um caso suspeito de sarampo. A segunda ocorrência é uma menina de 2 anos, sobrinha do homem, que mora com ele no Recife.

De acordo com a secretaria, os dois não comprovaram vacinação contra o sarampo. Amostras de sangue do homem e da menina foram encaminhadas para a Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, que confirmou a doença. Há ainda outros três casos relacionados a esses pacientes (dois familiares e uma funcionária) que continuam em análise.

“É importante ressaltar que, logo após a notificação dos casos, as medidas de vigilância e controle foram executadas pelas secretarias de Saúde do Recife (de origem dos pacientes) e de Jaboatão dos Guararapes (onde o homem trabalha), com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde”, informou a secretaria, por meio de nota.

Entre as ações desempenhadas pela pasta até o momento está o bloqueio vacinal de contatos dos casos confirmados. “Uma resposta rápida é essencial para quebrar a cadeia de transmissão e, consequentemente, o surgimento de um surto da doença”, destacou o diretor-geral de Controle de Doenças Transmissíveis da secretaria, George Dimech.

Dados
Em 2018, Pernambuco notificou 102 casos suspeitos de sarampo, sendo 30 deles no Recife. Desse total, 48 casos foram descartados, dois confirmados e os demais seguem em investigação.

Até então, 199 casos de sarampo haviam sido confirmados no estado em 2013 e 27 casos em 2014, além de um caso importado em 2012. Antes disso, o último registro da doença foi em 1999, quando foram registrados 240 casos.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.