Escolas de Juazeiro recebem o projeto “Quebranto”

Premiado pelo edital Usina Cultural da Prefeitura Municipal de Juazeiro, o Projeto “Quebranto” reúne várias linguagens artísticas. Literatura, música, teatro e artes plásticas compõem o espetáculo que traz pela primeira vez a adaptação de um livro de poemas de um escritor juazeirense para os palcos da cidade.

Além das apresentações nas escolas, o projeto prevê também oficinas de formação com alunos da rede estadual do município, serão três escolas contempladas, Rui Barbosa, Arthur Oliveira e Agostinho Muniz.

Quebranto é o primeiro livro do escritor juazeirense João Gilberto Guimarães Sobrinho, poeta, compositor, editor e diretor da Editora CLAE, grupo literário que atua em Juazeiro desde 2005, e que através de sua editoração independente vem publicando novos autores de todo o Brasil. O livro, composto de 100 poemas aborda temas como a solidão, a angústia e a juventude, sempre por uma perspectiva lúdica e provocativa.

A performance Quebranto é um monólogo, inspirado na seleção de poemas do livro, feita pelo ator e diretor teatral Elder Ferrari, que trará aos palcos uma apresentação visceral, carregada de símbolos poéticos, numa profusão de sentimentos que vão arrebatar o público, o projeto conta ainda com a participação musical de Mariano Carvalho e pinturas de Iehoshua Iahueh

O projeto iniciará as atividades nesta quinta-feira (20) na escola Arthur Oliveira no bairro Quidé.

O Projeto Quebranto é uma realização do grupo Abordagem Teatral e conta com o apoio da Editora CLAE e da prefeitura Municipal de Juazeiro, através do Edital Usina Cultural de 2018.

Ascom Clae

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.