Condomínios devem se preparar para o desligamento do sinal analógico de TV

(foto: reprodução/internet)

Síndicos e administradores de condomínios devem estar atentos ao processo de desligamento do sinal analógico de TV, que acontecerá no dia 05 de dezembro em Petrolina, no Pernambuco, e em duas cidades baianas, Juazeiro e Sobradinho. O primeiro passo é verificar a antena coletiva.

Para captar o sinal digital, a antena deve ser digital e estar apontada para a torre de transmissão. Também é importante que o síndico consulte uma empresa especializada para ter certeza de que a distribuição do sinal pelo condomínio é adequada para a tecnologia do sinal digital. Outro alerta é para o aparelho de TV que também precisa estar preparado para receber este sinal.

Televisores de tubo ou de tela plana fabricados até 2010 só recebem o sinal analógico e, por isso, precisam de um conversor de sinal, que pode ser adquirido em lojas de eletrônicos.

A busca de canais também é importante, pois os condomínios podem ter o televisor já preparado, mas continuar assistindo os canais analógicos. Este é um processo indispensável, pois os canais digitais não aparecem automaticamente nos televisores.

Passos:
– Acesse o menu pelo controle remoto da TV ou do conversor;
– Encontre a opção que mais se assemelha a “busca de canais” – em alguns televisores chama-se busca automática, em outros o nome é ressintonia ou programação de canais;
– Daí em diante, apenas siga as orientações da tela.

Ao final deste processo, o televisor terá encontrado todos os canais digitais disponíveis em sua região e exibirá a programação com imagem e som de cinema. Para mais informações é só entrar em contato com a Seja Digital pelo telefone 147 ou pelo site www.sejadigital.com.br.

As recomendações são da Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal de TV no Brasil, às famílias que têm direito aos equipamentos e possibilitam que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.