Dois suspeitos de violentar e matar a adolescente Estéfany Eduarda são presos em Petrolina-PE

José Henrique de Castro e Luiz Antonio Moura são suspeitos de violentar e matar a adolescente Estéfany Eduarda — Foto: Polícia Civil

(José Henrique de Castro e Luiz Antonio Moura. Foto: Polícia Civil)

José Henrique de Castro e Luiz Antonio Moura foram presos na manhã desta quarta-feira (07), em Petrolina-PE, acusados de violentar e matar a adolescente Estéfany Eduarda Nere de Oliveira, de 13 anos. O crime aconteceu no dia 13 de outubro, mas o corpo da jovem só foi encontrado dois dias depois.

Durante coletiva de imprensa realizada hoje na Delegacia de Homicídios, os delegados Magno Neves e Gabriel Sapucaia, responsáveis pelas investigações, declararam que o homicídio foi motivado pelo abuso sexual da vítima. Ela foi assassinada com golpes de faca e pedra.

De acordo com as informações, José Henrique é casado com uma prima de Estéfany e já morou na mesma residência que a vítima, junto com a esposa e a avó da menina. Os delegados também informaram, que um dia após a morte de jovem, ele teria ido até a casa da avó da garota e agido com naturalidade.

Os dois suspeitos foram encaminhados para o presídio de Petrolina. Eles negam a autoria do crime e não desmontaram algum tipo de arrependimento, segundo os delegados.

Flávio Bernardino de Sena, conhecido como Índio, está foragido — Foto: Polícia Civil

(Flávio Bernardino de Sena, conhecido como Índio. Foto: Polícia Civil)

Um tio da menina, identificado como Flávio Bernardino de Sena e conhecido como Índio, também teria participado do crime. Ele, que é sogro do outro acusado José Henrique, ainda está foragido e de acordo com as informações, já está em outro estado.

Os delegados disseram ainda que chegaram até os três acusados após depoimentos de 20 testemunhas que afirmaram ter visto Estéfany na companhia dos três suspeitos, por volta da 1h a 1h30, na madrugada do dia 13. Ao que tudo indica,  o crime foi premeditado.

Os autores têm passagem pela polícia por diferentes crimes como tráfico de drogas e violência doméstica. As investigações devem até que o terceiro acusado do crime seja encontrado.

Entenda o caso 

O corpo de Estéfany Eduarda Nere foi encontrado em terreno em Petrolina — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio

Estefany Eduarda Nere de Oliveira, de 13 anos, desapareceu no dia 12 de outubro, após sair da casa da mãe no parque São Gonçalo, por volta das 18h. A vítima informou que ia para casa da bisavó que fica no bairro vizinho, mas foi encontrada morta na tarde do dia 15, em um terreno no bairro Jardim Imperial.

corpo da jovem estava em estado avançado de decomposição e apresentava lesões provocadas por faca, na barriga e na garganta, e sinais de abuso sexual.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.