Técnicas da Prefeitura são palestrantes no Simpósio de Agricultura Orgânica e Agroecológica em Juazeiro

O segundo dia do Simpósio de Agricultura Orgânica e Agroecológica, realizado no Centro de Agroecologia, Energias Renováveis e Desenvolvimento Sustentável (Caerdes), contou com a participação das técnicas a engenheira agrônoma Cristiane Lima e a médica veterinária Sheina Campos, da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP).

Na ocasião, Cristiane Lima fez uma apresentação detalhada sobre a Feira de Orgânicos do Vale, projeto da prefeitura através da ADEAP, em parceria com a Associação de Produtores de Orgânicos do João Paulo II e a Associação de Produtores e Produtores de Orgânicos de Vale do São Francisco (APROVASF).

“A feira surgiu devido uma necessidade constatada pela população de se ter um local acessível, fixo e de credibilidade para a comercialização de produtos orgânicos. O projeto foi concretizado há um ano, oportunizando saúde e melhores condições de vida à população”, destacou a agrônoma.

A Feira de Orgânico do Vale é um espaço dedicado à comercialização de frutas, verduras e hortaliças orgânicas e tem periodicidade semanal. São 16 produtores certificados, integrantes das duas associações que ocupam as barracas existentes. Além da feira de orgânicos, também foi abordada a certificação dos produtos – principal exigência para o produtor participar da feira.

“Firmamos parceria com a ‘Certificadora ABC Orgânico’ que, além de apoiar a feira, atende aos produtores interessados em certificar seus produtos com preço acessível tornando-os aptos a serem comercializados. A certificação realizada é participativa, atuando em grupos de produtores, através do monitoramento mútuo, para comprovar se os mesmos estão adequados, bem como através da avaliação da certificadora”, explicou Cristiane.

A médica veterinária da ADEAP Sheina Campos falou sobre o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e explicou todo o processo de adequação das leis do serviço e do selo e a importância da sua implantação no município.

“Criamos o Conselho Regulador do Serviço de Inspeção Municipal (CSIM), um dos requisitos exigidos para a criação e gestão do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), que irá certificar com o selo e acompanhar a inspeção dos produtos de origem animal e vegetal no município. Em sua composição o Conselho conta com representantes da ADEAP, Vigilância Sanitária, ADAB, sociedade civil do CMDRS, consumidores e agricultores”, explicou Sheina.

O Selo de Inspeção Municipal irá beneficiar agroindústrias de pequeno porte e pequenos empreendedores do município, garantindo ao consumidor um produto final dentro dos padrões higiênicos sanitários. O SIM é um certificado de qualidade expedido por técnicos e veterinários do município, de forma menos burocrática e dispendiosa.

“A prefeitura através da ADEAP tem focado no desenvolvimento dos produtores da sede e do interior do município. A criação da feira de orgânicos tem sido um sucesso, pois além de oferecer à comunidade um alimento saudável, possibilita aos agricultores maior visibilidade e quantitativo de vendas dos produtos. Já o selo trará aos pequenos empreendedores do município uma tranquilidade e segurança na comercialização dos seus produtos”, frisou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Tiano Felix.

Durante todo o dia, o Iº Simpósio de Agricultura Orgânica e Agroecológica contou apresentações voltadas ao tema principal – ações de extensão rural, educação, ciência e tecnologia para um futuro sustentável.  Estiveram presentes estudantes, representantes de instituições e produtores.

Por Lene Radina/ADEAP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.