Contra Camarões no último jogo do ano, Tite quer criatividade no meio de campo

(foto: reprodução/internet)

A seleção brasileira entra em campo nesta terça-feira às 17h30 para o seu último jogo da temporada. No modesto MK Stadium, na cidade de Milton Keynes, o Brasil enfrenta Camarões em seu quinto amistoso após a derrota para a Bélgica, nas quartas de final da Copa da Rússia. De adversário relevante, os comandados de Tite enfrentaram a Argentina e Uruguai, ambos superados por 1 a 0. Os demais rivais foram os Estados Unidos (vitória por 2 a 0), El Salvador (5 a 0) e Arábia Saudita (2 a 0).

Apesar de não ser um duelo de peso, Tite não abriu a escalação. No entanto, adiantou algumas mudanças, como as entradas do goleiro Ederson, do zagueiro Pablo e do lateral-esquerdo Alex Sandro, além da manutenção de Firmino e Neymar.

A maior dúvida está no meio de campo. Allan, Walace, Paulinho, Arthur e Rafinha, além de Fabinho, lateral-direito que também atua no setor, são as opções do treinador, que lamentou as ausências de Philippe Coutinho e Lucas Paquetá.

“Os números do jogo contra o Uruguai e nossa sequência mostram que dificuldade nossa? O processo de criação, que é o mais difícil”, avaliou, na coletiva concedida na véspera do duelo. “O desempenho dentro de jogo vai oscilar, porque a base não está toda montada, algumas peças do meio têm feito falta a mais, o Coutinho, o Paquetá, que são jogadores que a gente sente mais na criação e chegada na frente”, disse o técnico.

A grande estrela da seleção camaronesa ficará à beira do gramado. Depois de uma carreira brilhante como jogador, e de comandar o Milan, da Itália, o Shenzhen, da China, e o Deportivo La Coruña, da Espanha, o holandês Clarence Seedorf, conhecido no Brasil intimamente pelo torcedor do Botafogo, onde atuou de 2012 a 2014, assumiu a seleção de Camarões.

Seedorf garante que o time africano não se limitará a se defender e disse que seus atletas terão coragem para atacar o Brasil no amistoso que o treinador considera o mais importante antes da Copa Africana de 2019, da qual Camarões será o país-sede.

“Vamos nos defender sem a bola e ser ofensivos com a bola. Isso é futebol, não podemos pensar em ficar atrás. Temos de ter coragem. Não precisamos falar da importância e história do futebol brasileiro, mas para nós é uma oportunidade de crescer. Nosso time sempre vai ter coragem, não ficaremos com a bunda no nosso gol”, prometeu.

FICHA TÉCNICA

– BRASIL X CAMARÕES
– BRASIL – Ederson; Danilo (Fabinho), Marquinhos, Pablo e Alex Sandro; Allan, Walace (Rafinha) e Arthur; Neymar, Firmino e Richarlison (Willian). Técnico: Tite.
– CAMARÕES – Onana; Collins Fai, Onguéné, Ngadeu Ngadjui e Bong; Pierre Kunde, Anguissa e Mandjeck; Bassogog, Choupo-Moting e Ekambi. Técnico: Clarence Seedorf.
– HORÁRIO – 17h30 (de Brasília).
– LOCAL – MK Stadium, em Milton Keynes, na Inglaterra.
– TRANSMISSÃO – Globo e SporTV.

Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.