Repúdio: Mais um palhaço tosco usa o Teatro do Sesc em Petrolina para ridicularizar Juazeiro

 

Mais um engraçadinho vai usar o palco do Sesc Petrolina para alimentar o bairrismo entre Juazeiro-BA e Petrolina-PE, com piadinhas toscas e que ridicularizam a cidade baiana.

O palhaço da vez é um tal de Léo Lins, inexpressivo e desconhecido, que quer ganhar alguma fama com um humor de quinta categoria, o que nada tem a ver com liberdade de expressão.

O Portal Preto No Branco recebeu inúmeras manifestações de repúdio ao “show de humor” que será realizado neste sábado (23), no Teatro Dona Amélia, em que o comediante deprecia a cidade de Juazeiro, com falas agressivas, que desqualificam os moradores, ridicularizam representantes políticos e ataca um bairro da cidade.

No vídeo de apresentação do show, o engraçadinho que se acha um comediante, diz contar a “História de Juazeiro” e se refere a cidade como “Terra das Carrancas”, “pela aparência da população quando está com dengue”.

Ridículo e galhofeiro, faz uma comparação e menciona o desvio do São Francisco, acusando o ex-prefeito Isaac Carvalho de ter desviado “mais de 110 milhões de reais”.

Na gravação insolente e desrespeitosa com a população de Juazeiro, o “famoso anônimo” fala das origens da cidade e afirma que “Juazeiro foi povoada por muriçocas”.

Há menção também ao Ceasa da cidade, um dos maiores entrepostos do norte-nordeste, quando diz que “no Ceasa vende até maconha”.

Mais adiante, ele diz que “o maior produto exportado até hoje por Juazeiro foi Ivete Sangalo”. (o ignorante não conhece nada de Bossa Nova). E faz piadinha, sem nenhuma graça, do bairro João Paulo II, taxando de atrasado “onde Airton Sena ainda está vivo” e “o presidente ainda é Eurico Gaspar Dutra”.

Ele também ataca o prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, chamando-o de “ventríloco”, também dizendo que Juazeiro “tem dois prefeitos”.

O vídeo é finalizado com uma piada ainda mais sem graça e preconceituosa contra os moradores do bairro Quidé. “Vai ter detector de metal, então deixem sua arma no carro”.

O show tosco e de mal gosto chama-se “Bullying Arte”, que de arte não tem nada e não vale um tostão, pelo que se apresenta. Merece cadeiras vazias, merece vaias e todo repúdio. Certamente, os sensatos, de Juazeiro e Petrolina, não perderão seu tempo, nem seu dinheiro para assistir a um demente, que se comporta estupidamente, espalhando divisão, contendas e desrespeito a uma gente.

O PNB conversou com a direção do SESC/Petrolina, e o supervisor de Cultura da instituição Jailson Lima, informou que “Não é uma programação do Setor de Cultura do Sesc. Locamos o teatro para uma produtora em Recife. Todo material que recebemos da produtora, como vídeos, e sinopses na assinatura do termo de cessão do espaço não há nenhuma informação a esse respeito”.

Jailson Lima também nos informou que iria conversar com a produção da comédia.

Que a instituição séria adote providências e não empreste seu palco para este desserviço a arte e as duas cidades!

Nós também entramos em contato com a produção da comédia, que ficou de nos enviar uma nota de esclarecimento sobre o conteúdo do vídeo de apresentação.

Veja o vídeo:

 

 

 

Da Redação por Sibelle Fonseca

26 Comentários

  • M. Oliveira disse:

    HAHAHAHAHAHAHAHA o Léo Lins tem muito mais renome que tu!

  • gabriel disse:

    Sibele é extremamente ridicula, nunca aprender, nunca consegue separar seu cunho partidário, todos sabemos que vc é de dentro da prefeitura q na eleição para prefeito protagonizou uma palhaçada de campanha para favorecer Isaac Bonfim, seja mais imparcial.

  • Alguém disse:

    Chora sua chorona, que é oq vc faz muito nesse texto. Como assim “humor de quinta categoria” não é liberdade de expressão? Vc é quem define e limita oq é liberdade de expressão? Que tipo de censuradora vc é? Acho que vc ama ditadores, principalmente comunistas. Vai ter humor sim, e pode chorar mais.

  • Jonathan disse:

    Que vergonha de texto, que “jornalismo” tendencioso, tenho dó de pessoas como vc, Sibele.

  • Igor disse:

    Quer dizer que o site emite juízo de valor agora?? Já procurou saber quem não repudia o show de humor?? Vá atrás dos problemas das cidades ao invés de ser parcial, e querer censurar show de humor. Humorista precisa ter liberdade, e eles viajam o Brasil todo fazendo seu trabalho honesto. Ele só está transmitindo o que a população das duas cidades relatam, só que em forma de piada!

  • Marcos Velasch disse:

    O camingo não é por ai Gabriel.Sejam quais forem as diferenças, esse comediante de stand up depreciação, precisa ter um minimo de respeito pela cidade.Esse é um tipo de “arte” (se é que posso chamar assim) tem reforçado preconceitos e estimulado descortesia.Atepra ser um bom debocheiro precisa de mais respaldo.Fica o bulliyng e não a arte.

  • Stefan Mantu disse:

    O bairrismo é uma das maiores aberrações e degeneração de um ser humano.
    Revela o vazio de conteúdo humano.
    Viva Juazeiro !!
    Viva Petrolina !
    Viva o povo brasileiro e todos os povos do planeta !

  • João silva dias disse:

    Fala isso, mas nem viu o vídeo de Petrolina, que saiu antes.

  • Aliten Muriço Capra kralho disse:

    Por isso é que se chama comédia, e o fato de ela gostar ou não é pessoal, se não gosta não vá, simples assim. Já fui em inúmeros shows inclusive no teatro João Gilberto em que vários atores/comediantes fizeram as piadas usando as muriçocas, os buracos, e a zona estrutural que é Juazeiro como um todo. O Ceasa todos sabemos que a maconha é o de menos, então deixe a hipocrisia de lado, mande o curriculum para o ministério da cultura e se ofereça PATRIOTAMENTE como censura. Outra opção monte um monólogo com piadas e gags politicamente corretas e quiçá possa até ter uma platéia de muriçocas.

  • Leide disse:

    Palhaço, ainda acha quem tome as dores e vá aplaudir, as pessoas das 2 cidades precisam se respeitar ,, pois o que separa as 2 é apenas o rio são Francisco, as duas tem coisas boas, defeitos e qualidades. Amo Juazeiro e gosto de Petrolina. Viva Bahia e Pernambuco.

  • Rosângela disse:

    Ridículo a pessoa fazer este papel, pois não consegui se destacar pelo talento que não tem, então apela para piadas ridícula e preconceituosas com um povo que sequer sabe da existência deste ser inexpressivo.

  • Edu disse:

    Jornalista? Você é apenas uma militante de merda. Defende demais os bandidos. Por que será? Será que também lucra algo com tudo isso?

  • Liga mpos disse:

    Ridículo mesmo é alguém defender um humor macabro desse,ridículo são pessoas se divertirem com isso,mais ridículo ainda é eu nunca saber quando essas aberrações vão se apresentar,falar mal da minha cidade, é eu não está lá, invadir aquele palco e proferir as seguintes palavras: Olhe para cá ridículo,quero que saiba quem quebrou seu queixo!!

  • Liga campos disse:

    Ridículo mesmo é alguém defender um humor macabro desse,ridículo são pessoas se divertirem com isso,mais ridículo ainda é eu nunca saber quando essas aberrações vão se apresentar,falar mal da minha cidade, é eu não está lá, invadir aquele palco e proferir as seguintes palavras: Olhe para cá ridículo,quero que saiba quem quebrou seu queixo!!

  • Sebastião disse:

    Quanto ódio nessa postagem de opinião, nem parece que foi escrito por alguém que se propõe ao papel de promover informação.
    Apenas, não acessarei mais esse portal decadente, assim como não creditarei nenhuma importância a fatos advindos desta fonte.

    Ps. Parabéns ao artista Léo Lins.

  • João santos disse:

    Ridículo esse camarada Com suas piadinhas sem graça.
    O seu show “Bullying Arte” de arte nao tem nada !!!!!
    Amo juazeiro bahia e adoro Petrolina Pernambuco.

  • Edson disse:

    Eu ENTENDO TODA ESSA INDIGNAÇÃO EN PARTES, MAS TBM ACHO Q ELE FEZ N SÓ PIADAS, MAS CONSTATOU FATOS ,N PODEMOS NEGAR Q REALMENTE TEMOS BAIRROS ABANDONADOS, DROGAS EM TODOS OS LUGARES, TBM ACHO Q EXISTEM COISAS MAIS IMPORTANTES E SERIAS NA VIDA PRA NOS PREOCUPARMOS, ENTÃO PORA DA TANTA ATENÇÃO A ISSO? SENDO Q O MUNDO TA UM CAOS E TEM TANTOS PROBLEMAS MAIORES PRA NOS PREOCUPARMOS.

  • CV disse:

    Sou de Juazeiro, amo essa cidade. Lamento por esse comediante só ter falado duas mentiras. Uma sobre a aparência da população e outra sobre a questão da exportação.

  • Hércules disse:

    O cara só falou verdades. Quem mora ou trabalha em Juazeiro concorda com tudo o que ele falou. Kkkkkkk

  • Marcos disse:

    O cara so falou verdade

  • Fabio Ramon disse:

    Ele Falou Alguma inverdade???

  • Lua de rosa disse:

    Hum, bolsonaristas de plantão! Vão limpar a merda que o estrupiado do bosto fez na venezuela e consertar os pés na merda que valdemorte e seus “ministros de quinta” estão fazendo: criando perdas de apoio de vários países. Vão seus bruzundangas! Léo Lins é um humorista de quinta falta conhecimento. É possível fazer humor inteligente sem apelar. Ele sim vive armado e é o cãozinho do humorista ética zero intitulado pelo bosto de piadista do governo. O chapa branca.

  • Jow disse:

    Por mais triste que seja, o humorista só satirizou verdade. Por sinal muitas delas são culpa de administração pública ao longo dos anos.

  • Fernanda Pereira disse:

    Essa revolta toda é pq a carapuça serviu! Quero saber onde ele mentiu!

  • Artedemerda disse:

    Até revirando lixo, a gente encontra coisa melhor do que esse pseudo humorista. Mas não cobremos bom gosto dos bolsomerdas. Eles não tem noção das coisas, ainda vivem iludidos, mesmo o f.. entrando. Basta ver o governo que eles colocaram no Brasil: Ministra goiaba; Bebiano, turismo e seus esquemas. Juntando Queiroz, Flavio Bolsonaro, Onix, Moro, Ministro da educação, se faz uma grande laranjada. Se juntar essas figuras em Brasilia, da uma barragem de rejeitos 10 vez pior que a da Vale. MINHA BANDEIRA NUNCA VAI SER LARANJA

  • Cassio disse:

    E tá mentindo? Só disse verdades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.