Comunidade de Curral Novo recebe atividade do ‘Março Mulheres’

 

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) prossegue com a programação ‘Março Mulheres’. Nesta sexta-feira (15) a comunidade de Curral Novo no Salitre se reuniu na Escola Municipal Miguel Ângelo para uma palestra sobre violência doméstica, e teve acesso a informações sobre condicionalidade do Programa Bolsa Família e Cadastro Único. A diretora de Mulheres Quitéria Lima e a gerente de Transferência de Renda do Programa Bolsa Família Virgínia Duarte conduziram a ação.

A palestrante Quitéria Lima falou sobre os tipos de violência e as formas que se apresentam, a legislação atual e os órgãos disponíveis no município. Ela destacou a importância de levar a informação para todas as comunidades do município. “O nosso desejo era que não precisássemos discutir a violência contra a mulher, mas esse ainda é um problema a ser combatido e um debate ainda necessário. Muitas vezes as próprias mulheres reproduzem o machismo por falta de conhecimento e quando levamos a informação até elas tudo se torna mais claro. Ouvir e dialogar são questões essenciais quando tratamos da violência contra a mulher, por isso estamos percorrendo a sede e o interior do município fazendo multiplicadores de informação”, ressaltou.

Para a gestora da escola, Eliete Leite, foi uma oportunidade enriquecedora. “Foi um momento muito esclarecedor e com certeza quem pôde participar saiu daqui com a clareza de que quanto mais conhecemos, mais ganhamos força para combater a violência”, afirmou.

A dona de casa Juliana Ferreira considera essencial discutir esse tema. “Muitas vezes achamos que a violência está distante, que não acontece com a gente, mas quando conhecemos de fato como ela se mostra, entendemos que pode acontecer e acontece na maioria das famílias. Tudo foi muito proveitoso e saio daqui com a missão de levar estas informações aprendidas para outras pessoas que não puderam estar aqui”, disse.

A dona de casa Maria do Carmo, também achou válido participar da atividade. “Pra mim foi muito bom porque muita coisa que ouvi aqui eu ainda não conhecia e ajudou a esclarecer algumas dúvidas. Agora posso até orientar pessoas que estejam passando por situações de violência”, comentou.

Após a palestra sobre violência doméstica, a gerente de Transferência de Renda do Bolsa Família, Virgínia Duarte, falou sobre o programa Bolsa Família e suas condicionalidades, além de fazer esclarecimentos sobre Cadastro Único e demais programa sociais disponíveis no país.

 

Por Fabiana Diniz/SEDES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.