Três homicídios foram registrados em Petrolina entre sábado (13) e hoje (15)

(foto: PNB)

A cidade de Petrolina, no Pernambuco, registrou três casos de homicídio neste final de semana. Os crimes aconteceram no sábado (13), ontem (14) e hoje (15).

Sábado, 13

O corpo de um adolescente de 14 anos foi encontrado em uma estrada que dá acesso ao Assentamento Alto da Areia, no distrito de Izacolândia, na zona rural de Petrolina. A vítima foi identificada como João Victor do Nascimento Silva.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima foi atingida na cabeça, pescoço e maxilar, por golpes facão. O órgão genital do adolescente foi parcialmente decepado.

O adolescente teria sido visto pela última vez na noite de sexta-feira (12), no Assentamento Alto da Areia, quando pegou uma bicicleta emprestada e tomou destino ignorado, segundo o G1.

O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina. A Polícia Civil vai investigar o crime.

Domingo, 14

O crime aconteceu por volta das 20h em um bar do distrito de Nova Descoberta, zona rural de Petrolina. De acordo com a Polícia Civil, Deuvanildo da Silva Monteiro, de 32 anos, foi atingido por disparos de espingarda quando estava jogando sinuca.

A vítima foi surpreendida por dois homens, que chegaram no bar, com os rostos cobertos com panos, e efetuaram os disparos de arma de fogo. A vítima morreu no local.

Testemunhas contaram à policia que a vítima teria discutido e entrado em luta corporal, no início da noite, com um homem, que não foi identificada. A polícia vai investigar se o crime tem relação com a briga.

Segunda, 15 

O outro crime foi registado na madrugada desta segunda-feira (15), na Rua 63, no bairro Terras do Sul.

Rhavin Rodrigues da Silva, 25 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo e morreu no local.

As motivações do crime e autoria são desconhecidas.

Um inquérito foi instaurado para apurar as causas da morte.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.