Homem morre vítima da gripe em Petrolina, diz Secretaria de Saúde do Estado

 

Um homem de aproximadamente 50 anos, residente em Petrolina, foi o primeiro a morrer por gripe neste ano em Pernambuco. O dado foi divulgado Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) nesta sexta-feira (03).

De acordo com a SES-PE, a vítima morreu em fevereiro por influenza A não subtipada, ou seja, o exame laboratorial não detectou se o homem teve H1N1 ou H3N2. Outro óbito, ocorrido em Recife, possivelmente por influenza A (H1N1), está sendo investigado. A vítima foi uma estudante de medicina.

A Secretaria Estadual de Saúde divulgou ainda que dos 894 casos de síndrome respiratória aguda grave (Srag) contabilizados até o último dia 13 de abril, nove tiveram resultado positivo para influenza B, um para influenza A(H1N1) e uma para influenza A não subtipada. Do total de casos, 790 (88,4%) foram registrados em crianças menores de 6 anos.

Os números reforçam a necessidade de imunização da população, que no está sendo realizada através da Campanha Nacional de Vacinação. Amanhã ocorre o Dia D da ação em todo o País.

Em Petrolina, a Unidade de Saúde Amália Granja, na Vila Mocó, será o local de referência para a cerimônia de abertura oficial do ‘Dia D’. Paralelo a isso, todas as unidades de saúde também estarão funcionando, das 8 às 17h na zona urbana, e das 8h às 13h na zona rural.

Os pacientes devem levar o documento de identificação e, se possível, o cartão do SUS. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início no último dia 10 de abril e segue até o próximo dia 31 de maio.

 

Da Redação com informações da Folha de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.