“Dia D” da campanha de vacinação movimenta postos de saúde de Juazeiro e Petrolina

(foto: divulgação/SESAU)

No último sábado (4), os postos de saúde de Juazeiro, no norte da Bahia, e de Petrolina, no Pernambuco, abriram as portas para a realização do “Dia D” de vacinação contra o vírus influenza. O objetivo foi oportunizar o público que pertencente aos grupos prioritários e que não tem como buscar os serviços durante a semana nos postos de saúde.

Em Juazeiro, para o dia D de campanha, foram enviadas mais de 10 mil doses da vacina para Juazeiro. Ao todo 17.864 pessoas já foram vacinadas, totalizando 32.86% do público alvo, segundo a Secretaria de Saúde (SESAU).

Já em Petrolina, a unidade de saúde escolhida como referência para o ‘Dia D’ foi a Amália Granja de Alencar, na Vila Mocó. Além da vacinação, outras atividades, como orientações nutricionais, aferição de pressão e teste de glicemia marcaram a data. De acordo com a coordenação da unidade, cerca de 800 doses foram aplicadas somente neste posto.

Antes do Dia D, a cobertura vacinal em Petrolina estava com cerca de 25,57%. Após a vacinação neste sábado, o número subiu para 47,9%.

A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 90% de todos os públicos-alvo, portanto, mais da metade do público-alvo ainda não se vacinou, em ambas as cidades. A campanha de vacinação  segue até o dia 30 de maio e para garantir a imunização é  preciso comparecer em uma Unidade de Saúde portando documento oficial com foto e cartão de vacina.

Nas cidade baiana, as unidades de saúde estarão abertas das 8h às 17h na zona urbana e das 8h às 13h na zona rural. Em Petrolina, as unidades de saúde da zona urbana funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e na zona rural o funcionamento é das 8h às 13h.

Fazem parte do público-alvo: gestantes, puérperas,  crianças de seis meses a menores de seis anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde,  professores,  povos indígenas, jovens e adolescentes de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas, pessoas  privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, militares, civis, bombeiros,  membros das forças armadas e guardas municipais.

Doença

A gripe (influenza) é uma infecção viral respiratória aguda e altamente contagiosa, sendo mais grave do que um resfriado comum, podendo levar a complicações médicas sérias. A doença pode afetar qualquer pessoa em qualquer idade, sendo facilmente transmitida através da tosse, espirro e contato próximo com uma pessoa ou superfície contaminada.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a ocorrência de casos da influenza pode variar de leve a grave e até levar a óbito. A hospitalização e o óbito podem ocorrer principalmente entre os grupos de alto risco – que são crianças menores de 5 anos, gestantes, portadores de doenças crônicas e idosos.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.