Estudantes da Uneb, Univasf e IFBA se reúnem hoje para debater sobre o desmonte da educação pública

Estudantes da Uneb realizaram manifestação em abril (foto: Anna França)

Estudantes da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e do Instituto Federal da Bahia (IFBA) se reúnem nesta segunda-feira (13) para articular forças para a mobilização da próxima quarta-feira (15), data que será marcada pela Greve Nacional da Educação.

A reunião dos estudantes será realizada na sala do movimento estudantil da Univasf, Campus Juazeiro, a partir das 16h. O foco da discussão é o desmonte da educação, com foco no corte orçamentário sofrido pelos Institutos Federais (Ifs), que recentemente tiveram 30% dos recursos orçamentários contingenciados pelo Governo Federal, através do Ministério da Educação (MEC), e pelas Universidades Estaduais da Bahia (Uebas), que além da redução do orçamento promovido pela gestão estadual, sofrem com o congelamento de salários e enfrentam uma greve de professores que dura pouco mais de um mês.

Na oportunidade, a categoria discente deve formular estratégias para a mobilização da quarta-feira (15). A Greve Nacional da Educação, que deve acontecer em diversas cidades do país, terá a participação do corpo acadêmico das universidades e institutos federais, além de movimentos sociais, sindicatos e partidos políticos. O protesto é contra o desmonte da educação e o atual projeto de reforma da Previdência que está em tramitação no Congresso.

Em Juazeiro e Petrolina, estão previstas manifestações.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.