Em encontro, Rui Costa e jogador Daniel Alves discutem parceria em projetos sociais

(Foto: Mateus Pereira/GOVBA)

O jogador Daniel Alves almoçou com o governador Rui Costa (PT) e com a primeira dama, Aline Peixoto, nesta terça-feira (9), no Palácio de Ondina, em Salvador. Acompanhado do empresário e de amigos, o juazeirense presenteou o governador com a camisa número 13, utilizada na final contra o Peru, no último domingo (7), quando a Seleção Brasileira conquistou a Copa América.

No encontro, foram discutidas parcerias em projetos sociais para serem deixadas de legado para a Bahia. “Hoje tive a felicidade de estar na companhia desse baiano excepcional, juazeirense, de origem muito humilde e dono de uma carreira belíssima, construída com muita força de vontade. Convidei Daniel para dar esse exemplo de vida no apoio ao esporte da Bahia e no incentivo à nossa juventude, e ele topou. Quem sabe em breve nós tenhamos ele aqui junto a projetos sociais, mostrando aos jovens baianos, por meio do esporte, um exemplo de caminho a ser seguido”, declarou o governador durante a visita do jogador.

Daniel Alves agradeceu o convite e se colocou à disposição para firmar parcerias em futuros projetos no estado. “É um grande prazer estar de volta à Bahia e agradeço a recepção do governador e sua família aqui na terrinha. Poder representar as pessoas que torcem e que gostam da gente é sensacional. Estou construindo coisas incríveis e espero deixar o meu legado para os jovens e para esse povo que torce pelo meu trabalho. Quero seguir inspirando as pessoas e mostrar que elas podem realizar os seus sonhos”, afirmou o jogador.

Homenagem

Daniel Alves, que chegou ao 40º título da carreira após a vitória do Brasil sobre o Peru por 3 a 1, se consagrou o jogador com maior número de títulos em toda a história do futebol. Ele será homenageado com uma escultura na terra onde nasceu.

O responsável será Leo Santana, artista plástico que assina uma outra obra que está situada na Orla da cidade, a do juazeirense João Gilberto, cantor e compositor que morreu neste final de semana, e também de Carlos Drummond de Andrade, no calçadão da Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Daniel Alves, que já era o maior campeão da história do futebol, agora é o primeiro a atingir quatro dezenas de taças. Ele está a frente de Pelé, com 37 títulos e de Iniesta, Giggs e do também brasileiro Maxwell. Todos eles com 35 taças em seus currículos.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.