Juazeiro: Funcionários do Hospital Promatre denunciam atraso no pagamento dos salários; Direção justifica

 

Profissionais que atuam no Hospital Promatre, em Juazeiro-BA, procuraram a redação do Portal Preto No Branco para reclamar de atrasos nos pagamentos dos salários. De acordo com eles, que pediram para não serem identificados, o problema vem ocorrendo há vários meses.

“Além dos atrasos, existem funcionários que só estão recebendo metade, e até menos, do valor do salário acordado nos contratos. E quando não há o cumprimento desse acordo, nós ficamos prejudicados, pois todos temos compromissos e precisamos arcar com eles. Alguns funcionários, por exemplo, estão recebendo apenas R$390,00. Para alguém que recebe um salário mínimo, ou até mais, é um desfalque muito grande no orçamento. Nossas contas estão atrasadas e estamos arcando com juros altíssimos”.

Os funcionários também reclamam que a unidade hospitalar está funcionando de forma precária. “O que nos causa mais estranheza é que apesar de todos esses problemas, o hospital continua contratando mais funcionários. E nós, continuamos no prejuízo e sem respostas concretas. Isso não pode continuar assim”, finalizaram.

O PNB entrou em contato com a direção do hospital, que confirmou a dificuldade de arcar com a folha de pagamento dos funcionários da instituição filantrópica.

O médico e diretor Vitor Borges disse que esta crise se arrasta por muitos anos e que “o hospital filantrópico, que trabalha com a tabela SUS, vive essa realidade constante. São 18 anos sem reajuste de tabela. Muitos fecharam, inclusive em Juazeiro a Santa Casa de Misericórdia. É uma luta constante pra manter as portas abertas. Grande maioria dos hospitais filantrópicos vive essa realidade”, disse Vitor Borges.

Ele ainda acrescentou que “existe uma previsão para que no próximo mês, os salários estejam em dia novamente”.

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.