Selecionados

Docência metonímica – Por Álamo Pimentel

A imposição da reforma do Ensino Médio abriu um campo de disputas para a defesa de modos únicos de ensinar-aprender. A mídia impressa hegemônica tem se esforçado para afirmar discursos de exaltação de professores exemplares e pesquisas que enfatizam relações imediatas entre personalidades docentes e desempenho didático-pedagógico como pressuposto da melhoria do ensino. Neste cenário, formam-se representações de uma totalidade docente em que o trabalho do ensino é mensurado pela ...

Ler mais »

NÃO À PEC 241 – Por Otoniel Gondim

A PEC 241 formulada nos gabinetes burrocráticos do governo golpista é uma clara afronta, em todos os moldes possíveis e impossíveis, ao país,à sua sociedade e ao seu povo. Uma Proposta de Emenda Constitucional visando, sumariamente, dar sustentáculo a uma política tirana golpista,reacionária, no esteio desumano de usurpar os direitos   adquiridos pela classe trabalhadora e afetar a população de forma drástica em todas as áreas, principalmente  ,a  da educação, a ...

Ler mais »

A servidão cognitiva – Por Álamo Pimentel  

A imposição da Reforma do Ensino Médio articulada à adoção de medidas restritivas de financiamento público da educação conduz o Brasil, neste momento, à radicalização do jugo do Estado aos interesses do mercado. Há intersecções perversas entre a MP 746/2016 (que institui a reforma do EM) e a PEC 241/2016 (que a caminho do Senado Federal passa a ser denominada PEC 55), sobretudo no que diz respeito ao financiamento das ...

Ler mais »

Sensibilidades estudantis, sensibilidades cidadãs – Por Álamo Pimentel

Os estudantes secundaristas que ocupam centenas de escolas em 11 estados brasileiros expõem sensibilidades cidadãs sob a forma de potência para a luta contra a arrogância política e o autoritarismo do atual governo. A pluralidade dos manifestos contra a Medida Provisória 746/2016 (que impõe a Reforma do Ensino Médio) e a Proposta de Emenda Constituição 241/2016 (que impõe um novo regime fiscal para os próximos 20 anos) abre ricos e ...

Ler mais »

...

PROFESSORES LIBERTOS? A todos os professores.

 A verdadeira natureza das coisas não podem estar perdidas.Brother leitor das coerências, inicio esse breve e inusitado ensaio ouvindo, tardezinha tosca, Mercedes Soza e Joan Baez entoando “ GRAÇAS  A LA VIDA””. Belamente, bela. belíssima. Xi, com razão, hiperbolizei… Lavradores, poetas,escultores, filósofos, Professores, cada qual a seu bel modus universus, abriram, abrem, abrirão sempre portas de mundos que ,por vezes , nem se pode dominar : Os do pensamento, do ...

Ler mais »

...

O fermento da maldade – Por Álamo Pimentel

” A intolerância expressa um sentimento coletivo produzido lenta e silenciosamente no cotidiano de grupos sociais que cultivam (e cultuam) diferentes formas de totalitarismo.  Age como dispositivo de subjetivação que fermenta a maldade contra as diferenças sociais para o prevalecimento de suas verdades únicas. O ódio e a estreiteza de visão constituem dois dos principais elementos expressivos das diferentes formas de intolerância. A ruptura da democracia no contexto brasileiro atual favorece ...

Ler mais »

...

O único senhor da razão é o povo! – Por Ricardo Almeida

“Numa eleição o cara (candidato a prefeito) lança o filho e a esposa candidatos à vereança, perderam. Noutra lança a esposa, perdeu. Numa eleição o candidato a vice, lança seu primo ( homem bom, digno e com um bom trabalho social), não se elegeu. Noutra, o empresário que recebeu seu apoio (bom candidato, diga-se), não se elegeu. Uma pré candidata à prefeitura, resolve ser candidata a vereadora e tem uma ...

Ler mais »

...

Foram-se as eleições… E agora Juazeiro?

E agora, meu querido e caro leitor? E agora , Sibelle e Blog Preto no Branco? Deixando os pesares e apesares dos dizeres pós-urnas, a eleição, no seu geral, foi democrática e quase sem atropelos (Pelo menos comprobatórios.) vis e errôneos. A nível nacional, para não dizer que sou provinciano ,aconteceu de acontecer o esperado.Queda contumbante do PT e a ascensão da direita ortodoxa.Disse que já era esperado a partir ...

Ler mais »

...

A extinção massiva dos rios brasileiros – Por Roberto Malvezzi (Gogó)

“O fenômeno da Pororoca, mundialmente conhecido, já não existe mais. Você sabia disso? As águas do rio Araguari, no Amapá, já não têm forças para chegar à foz e sofrer a força reversa das águas, o que gerava as ondas. Construíram barragens em seu leito para gerar energia, que vem para o sul do país, além de pisotear suas margens com manadas de búfalos. As águas do Araguaia estão cada ...

Ler mais »

...

Leitor, agora é com você.. Posso confiar?

Belê. Etapa final e é chegada a horíssima da nossa decisão no supra sufrágio universal :  A DEMOCRACIA DO VOTO POPULAR! É ficar na torcida de que sairá das urnas  o melhor para gerenciar a cidade como Prefeito  e para  o fiscalizar, legislar, honestamente,os melhores candidatos a vereador. Apesar, amigo leitor-eleitor de não ser tarefas das mais fáceis, é uma tarefa digna de  orgulho. Momento ímpar do qual somos o ...

Ler mais »

...