Juazeiro: Guarda Municipal diz que fiscalização é diária na sede e nos distritos, após denúncia de aglomerações em festas e bares na região do Rodeadouro

Ontem (29), o PNB publicou uma denúncia de moradores que residem entre as comunidades do Rodeadouro e Lagoa do Salitre, em Juazeiro, no Norte da Bahia, relatando sobre o desrespeito aos decretos municipais que incentivam o isolamento social, como forma de prevenção ao novo coronavírus. Segundo os moradores, muitas chácaras particulares daquela região estão sendo utilizadas para a realização de eventos que, além de perturbar o sossego dos moradores, provocam grandes aglomerações.

“As festas nas chácaras daqui são movimentadas, com som alto e muita gente. [Em um determinado dia] a polícia veio, parou uma [das festas]. Quando saíram, eles [integrantes da festa] voltaram todos. Isso está acontecendo continuamente. Aqui é um absurdo! Festas com mais de 50 pessoas, diversos carros estacionados. A polícia não pega porque não quer, pois eles veem tudo isso”, acrescentou a moradora que disse ainda que, durante as ações de fiscalização, a polícia faz “vista grossa” em algumas situações, já que determina o fechamento de alguns bares, por exemplo, e outros não (leia na íntegra).

O PNB encaminhou a denúncia para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Juazeiro, que assim como a Polícia Militar, é responsável pelo cumprimento do toque de recolher na cidade, que, em nota, informou que tem realizado a fiscalização diariamente conforme determinação dos decretos municipais, e que a corporação atua tanto na sede quanto nos distritos. Segundo a Guarda, no último sábado (27), uma equipe esteve no Rodeadouro e também na Lagoa do Salitre fazendo a fiscalização.

“A Guarda Municipal conta com o apoio da população para evitar aglomerações e eventos festivos, que estão proibidos no município por conta da pandemia do coronavírus. Denúncias podem ser feitas através do 153, a ligação é gratuita”, finaliza a nota.

A PM não se manifestou sobre a denúncia.

*foto ilustrativa

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.