Sucatas de embarcações há anos estão jogadas na Orla de Juazeiro; prefeitura diz que vai notificar proprietário

Quem circula pela Orla Fluvial de Juazeiro, no Norte da Bahia, com certeza já se deparou com algumas sucatas que estão depositadas na beira do Velho Chico, no trecho correspondente a Orla I da cidade. Esses materiais que foram descartados pelos proprietários de embarcações há alguns anos, já foram denunciados pelo PNB anteriormente, porém nunca foram retirados.

WhatsApp Image 2020-08-19 at 18.36.38 (1)
WhatsApp Image 2020-08-19 at 18.36.39
WhatsApp Image 2020-08-19 at 18.36.38 (2)

(fotos: PNB)

Em março, a matéria do PNB destacou o cemitério de embarcações na Orla da cidade e destacou que a situação parecia ter sido naturalizada pelos poderes públicos e também por alguns munícipes. Em entrevista, o ambientalista Roberto Malvezzi esclareceu que do ponto de vista ambiental, as sucatas não causavam muito problema, mas ressaltou que tê-las na Orla Fluvial da cidade era inconveniente.

“São sucatas, não são embarcações. Podem armazenar mosquitos, outros animais e servir para a ações ilícitas. Não causa um prejuízo especial, em termos ambientais, porque são de madeira, de chapa, e não causam danos maiores. É um problema mesmo de estética, de cuidado, de beleza e pode proporcionar, com as chuvas, o armazenamento de água parada, atrair mosquitos, que já temos aos montes aqui na cidade”, disse Malvezzi ao PNB, acrescentando ainda que a saída “seria o desmonte, e a reciclagem”.

Cinco meses se passaram e nada foi feito. No trecho que fica próximo ao ponto das barquinhas, as sucatas continuam lá. O PNB procurou a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) de Juazeiro, que, em nota, informou que vai enviar uma equipe de fiscalização até o local para identificar o proprietário do material e notificá-lo para que faça o recolhimento. Segundo a secretaria, caso o proprietário não siga as orientações nem o prazo dado, a SEMAURB realizará o recolhimento e tomará as medidas cabíveis.

A SEMAURB não respondeu se há punição para quem faz esse tipo de descarte na Orla da cidade, nem se os proprietários já haviam sido notificados anteriormente.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.