Juazeiro: moradora reclama de queimadas em terreno próximo ao bairro Country Clube; SAAE responde

(Foto arquivo pessoal)

A moradora do bairro Country clube, no município de Juazeiro, no Norte da Bahia, Lívia Brandão, procurou a redação do PNB para reclamar de descarte irregular de lixo, em um terreno localizado próximo a sua residência.

De acordo com ela, apesar de ter sido instalado um ecoponto no local e da coleta de lixo ser realizada diariamente nos bairros próximos ao terreno, populares continuam despejando lixo doméstico e resíduos sólidos no espaço.

“Diariamente jogam lixo no ecoponto e também por todo o terreno. Não tem fiscalização”, relatou Lívia.

(Foto arquivo pessoal)

A moradora informou ainda que a situação fica ainda pior quando ateam fogo no lixo.

“Isso está acontecendo toda semana. São vários dias vivendo essa rotina. Um absurdo, falta de respeito. Ateam fogo tanto no lixo que está no ecoponto, como no que está fora dele. Isso acontece em vários horários do dia. Já acionamos o SAAE, mas não tivemos retorno”, concluiu.

Encaminhamos a reclamação da moradora para o Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro. Em nota, o órgão informou que entrou em contato com a empresa responsável pela coleta do material para as devidas providencias.

Veja a nota na íntegra:

A Prefeitura de Juazeiro por meio do Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro Já instalou sete ecopontos em áreas estratégicas da cidade, visando reduzir a quantidade de resíduos descartados de forma irregular em áreas públicas e terrenos baldios. Vale ressaltar que estes espaços não são para o deposito do lixo residencial (já que o caminhão da coleta passa regularmente em todos os bairros da cidade) mas sim para restos de material de construção, poda de árvores, móveis sem uso e outros resíduos sólidos. Infelizmente pessoas sem a devida consciência de cidadania acabam ateando fogo nestes espaços provocando situações como essa nas proximidades do Bairro Expedito Nascimento, que sofre esse vandalismo pela terceira vez.
O SAAE já entrou em contato com a empresa responsável pela coleta do material para as devidas providencias e, mais uma vez pede a colaboração dos moradores para que ao perceberem ações criminosas como essas entrar em contato através dos Telefones 3614-9800 ou mensagem para o WhatsApp 74 99900-3948 para que as providencias seja, adotadas.

 

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.