Quatro enxames foram localizados e resgatados após ataque de abelhas no centro de Petrolina-PE

(Foto ilustrativa- TV GR)

Após o ataque de abelhas que ocorreu no início da tarde dessa segunda-feira (14), na Avenida das Nações, no Centro do município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, quatro enxames foram localizados e resgatados no local.

Segundo informações da Secretaria de Saúde da cidade, equipes dos Bombeiros, servidores municipais ligados à Vigilância Sanitária e o Grupo SOS Abelhas fizeram a remoção dos enxames por volta das 21h de ontem.

“Esse trabalho só pode ser feito à noite, que é o momento em que as abelhas se “arrancham”, ou seja, se acomodam”, explicou a SESAU.

Hoje, as equipes retornaram ao local para averiguar a situação e não localizaram outros enxames. Ainda de acordo com a SESAU, como estamos nos aproximando da Primavera, situações envolvendo abelhas são mais comuns.

Provavelmente, as abelhas que atacaram os populares na tarde de ontem, são as “africanizadas”, ou abelha do mel africanizado, também conhecida coloquialmente como “abelha assassina”, que são as que costumam aparecer na região.

Durante o ataque, um idoso de 71, que foi picado pelas abelhas, morreu no local, antes de receber o socorro. Outras seis pessoas, também atacadas pelo enxame, foram socorridas pelo Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O estado de saúde delas é considerado estável.

Uma mulher identificada como Fernanda Patrícia Rodrigues de Souza, que foi picada diversas vezes, está internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da cidade. Ela está consciente e vem sendo medicada e acompanhada pelos médicos.

Abelhas Africanizadas 

As abelhas africanizadas geralmente são muito mais defensivas que as outras espécies de abelha e reagem a perturbações muito mais rapidamente do que as abelhas ocidentais. Elas podem perseguir uma pessoa a mais de 400 metros, e já mataram cerca de 1000 pessoas. As vitimas geralmente recebem dez vezes mais picadas que nos ataques de abelhas europeias.

Porém é importante ressaltar que as abelhas não são vilãs, muito pelo contrário, elas são fundamentais para o nosso ecossistema. Se por acaso você encontrar abelhas em algum lugar, a orientação é passar por longe, não mexer e acionar o SOS Abelhas, através do mundo 3867-4774.

 

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.