Eleições 2020 em Juazeiro: conheça as principais propostas de Suzana Ramos, do PSDB

(foto: reprodução/Facebook)

Suzana Alexandre de Carvalho Ramos, 54 anos, é candidata à prefeitura de Juazeiro, no Norte da Bahia, pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Natural da cidade, é Assistente Social já concorreu nas eleições de 2004, 2008 e 2012, como vereadora, vice-prefeita nas eleições de 2016. Terá, como candidato a vice-prefeito, Joseph Leonardo Aquilles Cordeiro Bandeira, 42 anos, Advogado, natural também de Juazeiro.

Coligação: PSDB / PDT / PTB / PATRIOTA / PROS / SOLIDARIEDADE / REDE / PTC / PRTB / PV
Situação: aguardando julgamento

Conheça algumas propostas:

OBS: assim como foi/será com os demais candidatos, foram selecionados ao menos cinco pontos em oito modalidades previamente selecionadas pelo PNB, de acordo com o que é constado no documento disponível no site do TSE. A proposta de governo, na íntegra, poderá ser vista em link disponibilizado ao final da matéria;

a ordem de postagem das propostas de cada um dos candidatos segue a ordem alfabética, entretanto, o site do TSE apresentou problema no arquivo das propostas do candidato Raffani Souza. Com isso, foi necessário contato com a assessoria de comunicação do candidato para envio do arquivo. Como o documento não foi enviado até o horário previsto para a publicação da matéria – 15h30 – o PNB inverteu a ordem da publicação com as propostas do candidato e de Suzana Ramos.

Saúde

– Ampliar as equipes do PSFs – Programa Saúde da Família, no interior e na sede do município;

– Garantir o funcionamento adequado dos PSFs devolvendo o direito a saúde de qualidade à toda população, melhoria e humanização do atendimento na rede de saúde pública, assegurando uma postura de atenção e cuidado que responda efetivamente a expectativa da população;

– Ampliar o horário de atendimento das Unidades Básicas de Saúde – UBS, nas áreas de maior necessidade na sede e no interior;

– Instituir o programa de emergência em saúde nas UBSs nos bairros mais populosos e no interior no horário das 17h às 22h e aos finais de semana por 24h;

– Implantar o programa de “Médico Ferista”, constituindo-se por equipes de médicos que possam substituir os demais que estejam de férias ou em licenças, visando não interromper o atendimento nas UBS por falta de profissionais.

Educação

– Garantir na Educação Infantil e Especial, o compromisso de universalizar o acesso dos alunos de 4 e 5 anos na pré-escola e a oferta de vagas em creches de atendimento a 40% das crianças de 0 a 3 anos, segundo diretrizes estabelecidas pelo Plano Nacional de Educação. Para atender a esta ação serão construídas Escolas Municipais de Educação Infantil – EMEIs, além da ampliação de estruturas semelhantes existentes, que atenderão crianças de 0 a 5 anos. Todas as políticas públicas implementadas no segmento de Educação Infantil serão viabilizadas através do aporte financeiro do Fundo Nacional da Educação (FNDE);

– Garantir uma Educação Básica e Especial fundamentada no desenvolvimento do aluno, assegurando-lhes uma formação comum indispensável para o exercício da cidadania fornecendo-lhes meios para progredir no trabalho e nos estudos posteriores, Art.22 Lei 9.394 de 20/12/1996, através do redirecionamento da proposta pedagógica, que de fato proporcione uma efetiva aprendizagem;

– Ampliar a oferta de vagas no Ensino Fundamental, com a construção de novas escolas que atendam a esta demanda;

– Aprimorar e ampliar o Sistema de Educação em Tempo Integral – escolas municipais, previamente selecionadas, serão gradativamente transformadas para atender as crianças em dois turnos. Serão oferecidas três refeições diárias e um conjunto de atividades extraclasse, tais como: aulas de dança, música, xadrez, informática, idiomas, educação ambiental, educação no trânsito e atividades esportivas – com o objetivo de fomentar uma educação de qualidade, peça chave para ampliação de garantia dos demais direitos humanos e sociais, com o desenvolvimento integral dos alunos, por meio dos aspectos cognitivo, afetivo, social e físico;

– Implantar o CEL Juazeiro (Centro de Estudo de Línguas Estrangeiras – Juazeiro), objetivando instrumentalizar os estudantes em mais uma língua, além da língua mãe, oportunizando aos mesmos e pessoas da comunidade como todo, melhores condições de acesso à universidade e qualificação para o mercado de trabalho.

Mobilidade urbana

– Reestruturar a malha viária da sede e do interior, otimizar o transporte coletivo para os 53 bairros da cidade e os 9 distritos;

– Construir o Terminal Fluvial, para proporcionar mais conforto e qualidade aos usuários e trabalhadores das barquinhas;

– Discutir e planejar com a comunidade e o Conselho Municipal do Trânsito, os custos de fixação de tarifas do transporte coletivo e condições estruturais do mesmo, estabelecendo condições de conforto ao seu usuário e ônibus climatizados;

– Revisar a Legislação Municipal de Trânsito no que se refere a carga e descarga, garantindo a fluidez do tráfego e segurança das vias públicas;

– Revisar o contrato da zona azul, implementando política de pagamento justo, inclusão de vaga real de estacionamento e de revisão de regras estabelecidas que exploram o cidadão.

Segurança

– Criar, implantar e implementar continuamente o Programa Pacto Pela Vida e Pela Paz, realizando parceria com o Ministério da Justiça para captar recursos, que mantenham o Programa de Segurança Municipal, através do PROGRAMA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA COM CIDADANIA – RONASCI;

– Equipar a Secretaria Municipal de Segurança com aquisição de viaturas, motocicletas, bicicletas, rádios e outros equipamentos;

– Implantar medidas de cobertura da segurança urbana, em praças, parques,
escolas e demais espaços públicos;

– Criar o Observatório da Segurança Pública – OSP, para subsidiar ações de segurança urbana e rural de Juazeiro;

– Implantar Conselhos Comunitários de Segurança, que serão as bases nos bairros de alta vulnerabilidade social e maior índice de violência e fortalecê-los enquanto espaço de organização das comunidades, reunindo associações, empresas, igrejas, escolas, clubes, para participarem da elaboração e realização de programas preventivos e de combate à violência e ao crime em todas as suas formas.

Cultura

– Criar a Fundação Municipal de Cultura – FMC, tendo como principais atribuições executar atividades relacionadas e promover o desenvolvimento cultural de Juazeiro, valorizar e difundir as manifestações culturais da comunidade local e preservar os bens arquitetônicos e documentais do município;

–  Implantar programa que a Fundação Cultural torne um centro de referência para estudo, difusão e prática das diversas manifestações artísticas e culturais, como: dança, música, teatro, artesanato, artes plásticas, audiovisual, literatura, entre outros;

– Implantar o Projeto Cidade Cultural, com democratização do acesso a bens culturais, esportivos e educacionais, buscando a excelência na construção da cidadania e na melhoria da qualidade de vida. Constituindo-se um complexo integrado de educação, cultura, esporte e lazer, sendo um centro de
conhecimento e inclusão social, prestando atendimento a milhares de pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Serão desenvolvidas diversas atividades: cursos e oficinas de arte e cultura, escolinhas esportivas, atividades de promoção à saúde, treinamentos de equipes/atletas de rendimento, apresentação de espetáculos de dança, teatro, música, realização de cursos, palestras, workshop, promovidos através de ações conjuntas público/privado;

– Organizar circuitos culturais na cidade, garantindo atendimento a todos os bairros e distritos;

– Manter a política de descentralização e consolidar a marca da multiculturalidade, onde o poder municipal potencializará os esforços para divulgar a produção cultural Juazeirense.

Esporte e lazer

– Criar o CIRCUITO ESPORTIVO DE VERÃO – Ações esportivas e culturais realizadas de forma sistematizada no verão, com o objetivo de desenvolver a conscientização e conservação do RIO SÃO FRANCISCO, atrelado à prática de esportes aquáticos e esportes de areia (praticados na margem do rio). Tais ações podem e devem funcionar tanto na forma de competição, como de oficina, incentivando a prática constante das modalidades no decorrer do ano. Exemplos das modalidades: Voleibol de Areia, Futevôlei, Beach Tênis, Handebol de Areia, Frescobol, Canoagem, Futebol de Areia, Ciclismo, Natação e Triatlon. Vale ressaltar que Juazeiro já sediou inclusive, Etapa do Campeonato Baiano de Maratona Aquática e de Triatlon; e através da parceria com as federações específicas de cada esporte, é possível também, trazer outros eventos estaduais e nacionais, para a nossa cidade;

– Implantar a COPA ESPORTIVA DE JUAZEIRO – Juazeiro já realiza o Campeonato Interbairro e Interdistrital de Futebol de Campo. Apesar de sermos o PAÍS DO FUTEBOL, precisamos avançar e incentivar a prática esportiva diversa; inclusive repensar tais ações e direcionar também, para as mulheres e para as pessoas com deficiência. Com essa competição, seria possível contemplar modalidades como: futsal, handebol, voleibol e basquetebol; incentivando o desenvolvimento contínuo dos esportes nos bairros. Além disso, uma outra estratégia seria: o bairro que pretende participar e sediar jogos dessa competição, precisa garantir a utilização adequada e consciente, bem como a conservação dos espaços públicos esportivos.

– Democratizar o acesso as práticas esportivas e de lazer através de um amplo programa, construído com a participação da sociedade. Este programa vai contemplar projetos que atendam crianças, mulheres, adolescentes, trabalhadores, idosos e pessoas deficientes. Também serão ofertadas diversas atividades esportivas e de lazer, através da prática dos esportes coletivos, individuais, esporte de natureza (escaladas, pescas, trilhas, caminhadas, entre outros), esportes radicais (skate, bicicleta, escaladas, bicicross, patins, entre outros) e de aventura para os jovens, com o devido acompanhamento pedagógico
e segurança necessária;

– Promover a relação do lazer com o turismo e a atividade física, com acompanhamento permanente para a melhoria da qualidade de vida;

– Estabelecer parceria e manter convênios com o Ministério da Cidadania para implantar e resgatar programas como: Bolsa Atleta; Lei de Incentivo ao Esporte, Segundo Tempo, Forças do Esporte

Meio ambiente

– Desenvolver programas de proteção ambiental, que compreenderá desde a limpeza urbana até a gestão de resíduos sólidos e coleta seletiva;

– Buscar reduzir significativamente o lixo que observamos nas ruas da cidade, através de maior eficiência do serviço prestado pela autarquia municipal;

– Potencializar ações de sensibilização para conscientização da população por meio de campanhas, inclusive nas escolas e unidades de saúde, com a instalação de um novo modelo de lixeiras nas áreas de maior circulação de pessoas, além de novas regras para a distribuição de panfletos e materiais gráficos nas ruas;

– Implantar um moderno e eficiente sistema de separação do lixo reciclável e orgânico nas residências e empresas, oportunizando as pessoas físicas e jurídicas que adotarem o programa de separação do lixo receberem a certificação do selo verde, que poderá se transformar em descontos nos valores de tributos municipais;

– Construir usinas de biocompostagem, transformando o lixo orgânico em adubo orgânico, energia e gás.

Social

– Criação da Secretaria Municipal da Mulher, Juventude, Diversidade e Combate à Discriminação, com quadro próprio permanente e dotação orçamentária;

– Implantar o Projeto “Homem Consciente”, um projeto voltado para homens agressores, objetivando conscientizá-los do processo de violência e seus efeitos danosos, no contexto físico, psicológico e social, ressignificando o contexto da violência;

– Criar o programa que oferte formação profissional às mulheres, incluindo-as em projetos de economia solidária, economia criativa, cooperativismo e empreendimento formais;

– Criar o Conselho Municipal de Promoção da Cidadania LGBTQIA+ ( Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais ou Transgêneros, Queer, Intersexo, Assexual +) de Juazeiro, que funcionará como espaço de participação e controle social, com proposito de garantir o acompanhamento das políticas para o segmento que sejam reforçadas e executadas em parceria com a sociedade civil organizada;

– Introduzir políticas de formação ao microcrédito para populações pretas, estimulando o empreendedorismo e criando oportunidades de emprego e renda a partir da nossa diversidade cultural.

Confira a proposta de governo na íntegra

Veja também:

Eleições 2020 em Juazeiro: conheça as principais propostas de Breno Rainan, candidato do PSOL

Eleições 2020 em Juazeiro: conheça as principais propostas de Capitão Moreira, do Avante

Eleições 2020 em Juazeiro: conheça as principais propostas do Coronel Anselmo Bispo, do DEM

Eleições 2020 em Juazeiro: conheça as principais propostas de Paulo Bomfim, do PT

Da Redação

2 Comentários

  • Nando disse:

    Muito mesmo a mulher está certa

  • Normeide Almeida Lima de Carvalho disse:

    Obrigada por divulgar. A população em geral precisar conhecer e a partir de sua avaliação, propor mais ações, exequíveis e realizáveis, para que atenda de fato os anseios do povo. Não é um plano finalizado, de forma interativa , estaremos dando voz a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.