Trump não pagou imposto de renda em 10 dos últimos 15 anos, diz jornal

(foto: Arquivo)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixou de pagar imposto de renda em 10 dos últimos 15 anos. A justificativa dada por Trump seria que ele teve saldo negativo nestes anos –ou seja, perdeu mais do que ganhou dinheiro.

A revelação foi feita pelo jornal New York Times, que teve acesso às declarações de duas décadas do presidente, até 2017. Desde que assumiu a Casa Branca, Trump luta na Justiça para não entregar suas declarações de imposto de renda, algo comum entre presidentes norte-americanos.

Mesmo quando pagou o imposto federal, Trump não contribuiu muito –ainda mais considerando sua fortuna, avaliada em mais de US$ 2 bilhões. Em 2016, ano em que foi eleito, e 2017, quando assumiu, o republicano pagou US$ 750 dólares.

Um dos advogados de Trump, Alan Garten, acusou o jornal de publicar dados falsos. Segundo ele, “a maioria das informações, se não todas, parece estar imprecisa”.

“Na última década, o presidente Trump pagou dezenas de milhões de dólares em impostos ao governo federal, inclusive milhões desde que anunciou sua candidatura em 2015”, completou Garten. Segundo o Times, o advogado pode estar falando de impostos em geral, e não apenas sobre o de renda.

A reportagem do periódico norte-americano aponta que Trump vem perdendo muito dinheiro nos últimos anos com negócios arriscados e de gosto pessoal do presidente, como vários clubes de golfe. O Times indica ainda que a tentativa do republicano de esconder as declarações do público seria uma maneira de impedir que elas manchassem sua imagem de bilionário bem sucedido por conta própria.

“As declarações de impostos que Trump lutou por muito tempo para manter em sigilo contam uma história fundamentalmente diferente daquela que ele vendeu ao público americano. Seus relatórios para a Receita retratam 1 empresário que ganha centenas de milhões de dólares por ano, mas acumula perdas crônicas que ele emprega agressivamente para evitar o pagamento de impostos”, diz 1 trecho da publicação.

Os jornalistas Russ Buettner, Susanne Craig e Mike McIntire citam o programa O Aprendiz, apresentado pelo então empresário Donald Trump de 2004 a 2015. A reportagem afirma que “Trump teve mais sucesso interpretando um magnata dos negócios do que sendo um na vida real”.

Um dado dessa interpretação é a enorme quantia de dinheiro que Trump lucrou com a atração televisiva, que o proporcionou a oportunidade de investir em novos negócios. Os declarações indicam que o programa –incluindo publicidade e patrocínios– lhe rendeu US$ 427,4 milhões nas mais de 10 temporadas que foram ao ar sob sua chancela.

Os resultados financeiros de Trump jogam combustível nas teorias de que a sua candidatura foi anunciada apenas para dar 1 alívio nas contas e recuperar fundos perdidos por meio da campanha eleitoral. Contudo, ele foi eleito.

Por outro lado, os documentos não apontam nenhuma ligação financeira entre Trump e a Rússia, tópico aventado por críticos, especialmente em relação à investigação que aponto a interferência russa nas eleições de 2016.

Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.