Univasf busca voluntários para pesquisa sobre empatia e distanciamento social na pandemia

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus, uma medida foi apontada como primordial para evitar a disseminação da covid-19: o distanciamento social, atitude que visa não apenas a proteção individual, mas também comunitária. Diante deste contexto, o Laboratório de Desenvolvimento, Aprendizagem e Processos Psicossociais (LDAPP) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está desenvolvendo uma pesquisa com o objetivo de avaliar a existência de relações entre características socioafetivas, ideológicas e sociodemográficas das pessoas e suas ações durante a pandemia, especialmente em relação ao grau de adesão ao distanciamento físico.

Os pesquisadores estão em busca de voluntários de todo o país, com idade igual ou superior a 18 anos, que tenham interesse em participar do estudo. A participação dos voluntários acontece por meio de um questionário online que está disponível para preenchimento até o fim do mês de outubro. O formulário reúne perguntas relacionadas aos hábitos de segurança, pensamentos e sentimentos dos participantes da pesquisa em relação à pandemia, além de questões sobre situações cotidianas e de descrição pessoal e comportamental.

De acordo com o docente do Colegiado de Psicologia e coordenador do LDAPP, Leonardo Sampaio, a equipe do projeto está, também, coletando dados do Ministério da Saúde e do Consórcio de Imprensa, para mapear a evolução da doença nas cidades nas quais os participantes residem, com o objetivo de cruzar estas informações com as respostas dadas pela comunidade sobre a prática de distanciamento físico.

Segundo Sampaio, o mapeamento das variáveis relacionadas ao distanciamento físico e às razões pelas quais algumas pessoas aderiram mais e outras menos a esta medida é uma importante ferramenta que poderá ser usada para o planejamento de futuras intervenções a serem realizadas por agentes públicos.

“Cientistas indicam que a humanidade enfrentará, ainda, novas pandemias e, diante disso, precisaremos novamente estabelecer medidas restritivas. Por isso, entender que variáveis são essas é importante para ajudar as autoridades públicas e de saúde a tomarem decisões”, conclui.

O Laboratório de Desenvolvimento-Aprendizagem e Processos Psicossociais (LDAPP) é vinculado ao Colegiado de Psicologia da Univasf e visa possibilitar o desenvolvimento de trabalhos nos campos da Psicologia de Desenvolvimento-Aprendizagem, Processos Psicossociais e Processos Psicológicos Básicos.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.