Bahia teve mais de mil candidatos que não tiveram nenhum voto; mulheres lideram

De acordo com um levantamento do BNews com os dados liberados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em sua API até sexta-feira (20), 1.195 candidatos a vereador no estado da Bahia tiveram um total de zero ou um voto. Destes, 701 não receberam nem mesmo os próprios votos. 494 candidatos possivelmente apenas receberam seus próprios votos.

Apesar de serem ampla minoria entre o número geral de candidatos, as mulheres lideram o número de candidatos que receberam zero ou um voto, com 799 candidatas. Entre os homens, o número é de 396. Um possível motivo para isso é a suspeita de “candidaturas laranjas”, mulheres que concorrem apenas para cumprir a quota de 30% de candidaturas femininas e não recebem recursos de campanha.

O PSD lidera o número de candidaturas de mulheres que tiveram zero ou um voto, com 79 nomes. Fechando o pódio, estão o PT, com 63 candidatos, e o PP, com 61 pessoas. Os partidos com menor número de candidatas “zeradas” são o PV, com 12 nomes, o PRTB, com cinco nomes, e o PMN, com apenas um nome.

Um dos escândalos mais famosos em relação ao esquema de laranjas foi o do PSL, no ano de 2018. Um grande número de candidaturas suspeitas nos estados de Minas Gerais e Pernambuco levou o governo de Jair Bolsonaro — que na época era filiado ao partido — para uma grave crise política, que resultou na queda de Gustavo Bebianno, secretário-geral da Presidência.

Bocão News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.