Juazeiro: idosa e sua cuidadora, assassinadas no distrito do Salitre, foram identificadas; ainda não há suspeitos

 

A idosa e sua cuidadora que foram brutalmente assassinadas, no Povoado Bananeiras, Salitre, zona rural de Juazeiro, já foram identificadas. As vítimas do duplo homicídio são Yvonice Marta Maia, de 81 anos e Rosangela Aparecida Pereira, de 47 anos.

Os corpos das vítimas foram encontrados nesse domingo (21) por um homem que reside próximo a casa onde o crime aconteceu. Elas foram assassinadas com golpes de facão. Rosângela trabalhava como cuidadora de Yvonice, enfermeira aposentada da empresa Vale do Rio Doce.

Segundo informações obtidas pelo PNB, o corpo da idosa foi encontrado em uma cadeira de balanço, em frente ao aparelho de TV, que estava ligado. Ela foi morta com muita violência e estava com ferimentos no rosto, mãos e braços.

Já a cuidadora foi encontrada caída no alpendre da casa. Ela também apresentava lesões nas mãos e braços. As investigações apontam que ela foi atingida dentro da residência e saiu pela casa ferida, tentando pedir socorro.

Um crime cercado de mistérios. Na residência havia vários objetos de valor e nada foi retirado do lugar. Os celulares das vítimas, bolsas contendo documentos e dinheiro, também não foram levados.

De acordo com informações repassadas ao PNB por pessoas que conheciam as vítimas, um vizinho que, diariamente levava o leite para as moradoras da residência, encontrou o corpos na manhã do domingo (21).

Ainda segundo nossas fontes, a idosa e sua cuidadora não tinham costume de receber pessoas em casa. Anteriormente as duas mulheres moravam no estado de Minas Gerais, e estavam residindo no povoado do Salitre, há 03 anos. A casa, segundo informações seria de familiares da idosa.

“Ela estava lá há pouco mais de 3 anos, quando houve o rompimento de barragens ela decidiu ficar ai, porque em Minas tinha esse risco. Triste demais essa morte dela. Também a conhecia muito bem”, afirmou Leila Novais.

Uma parente da idosa lamentou a tragédia e pede justiça.

“A senhora assassinada é minha prima. Uma pessoa que toda vida ajudou toda família. Era enfermeira da Vale do Rio Doce. Apaixonada com o Salitre, em Juazeiro. Aposentou e foi passar toda a pandemia por lá. Uma perda lastimável e irreparável! Que a justiça dos homens e de Deus seja feita”, disse Karina Gonzaga.

A Polícia Civil informou que investiga as mortes da idosa e da cuidadora.

“Equipes da unidade especializada realizaram o levantamento cadavérico e expediram as guias de remoção e perícia. Familiares e alguns moradores da região foram ouvidos”.

Ainda não informou sobre suspeitos e a motivação do crime. O caso segue sendo investigado.

 

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.